Campo

Foto: Divulgação

Com índice registrado de 92,63% de cobertura vacinal contra a brucelose, o Tocantins vacinou no segundo semestre do ano passado, 344.455 bezerras bovídeas (bovinas e bubalinas) entre 3 e 8 meses, sendo que deste total, 449 são bubalinas. De acordo com a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), os dados coloca o Estado em nível alto de controle da doença.

O presidente da Adapec, Humberto Camelo disse que os bons índices de cobertura vacinal contra a brucelose, refletem o empenho da Agência e dos produtores rurais em manter o controle da zoonose. “A Adapec mantém uma vigilância sanitária constante sobre todas as doenças que pode afetar nosso rebanho, como forma de garantir a qualidade dos nossos produtos cárneos e lácteos, e consequentemente a saúde da população”, ressaltou Humberto, acrescentando que os produtores rurais estão cada vez mais empenhados no controle da brucelose.

A diretora de Defesa e Inspeção Animal da Adapec, Regina Barbosa destacou que os avanços no controle da brucelose no estado deve-se principalmente as ações de controle sanitário do trânsito de animais, eventos agropecuários e educação sanitária. “Apesar do êxito nos resultados obtidos, observamos que é necessário investir na formação de novos auxiliares de vacinadores, pois eles são fundamentais no processo de controle da brucelose”, apontou Regina. A partir de março, a Agência desenvolverá novos cursos de auxiliar de vacinador nas regiões de maior carência no Estado.

Os produtores rurais que deixaram de vacinar as bezerras com a vacina Cepa B19 estão sendo autuados pela Adapec com multa no valor de R$ 5,32 por fêmea não vacinada e a ficha cadastral está bloqueada para trânsito de animal. É importante destacar que o produtor que perdeu o prazo deverá vacinar os animais com a vacina RB 51. Para isso, deve solicitar no escritório da Adapec do seu município, uma autorização para a compra da vacina RB 51, e posteriormente comprovar a vacinação na Agência por meio da nota fiscal e o atestado de vacinação. A vacina contra brucelose (Cepa B19 e Cepa RB51) só pode ser aplicada por médicos veterinários e seus auxiliares cadastrados na Adapec.