Polí­tica

A presidente do PSDB Mulher no Tocantins, Cinthia Ribeiro, participou, em São Paulo, do seminário “Cultura da Paz e Feminino Profundo”, que discutiu a representatividade da mulher nas eleições municipais deste ano. Organizado pelo PSDB Mulher nacional, o objetivo do evento que reuniu alguns dos princiais nomes da sigla no país também capacitou as futuras candidatas ao pleito. "Este curso não é meramente eleitoreiro. São conhecimentos atuais que transformam conceitos, nos enriquece para o debate e propicia uma participação mais efetiva e preparada para o processo", disse Cinthia Ribeiro.

Aberto pela presidente nacional do PSDB Mulher, Thelma de Oliveira, o seminário teve início foi encerrado nesta quinta-feira, 28.  Também participaram do evento a presidente de honra do PSDB Mulher Nacional, Yeda Crusius (ex-governadora do Rio Grande do Sul), e a coordenadora de Projetos da Fundação Konrad Adenauer, Mariana Caetano.

Para Cinthia Ribeiro, um dos pontos destacados do evento foi a representatividade feminina, porém, com capacitação adequada para o processo político-eleitoral. "A representatividade tem que ter qualidade também, respeitando as diferenças de conflitos naturais e divergências reais. O limite homem e mulher não pode ser a fronteira, porque as diferenças são o que nos soma e não o que nos exclui do processo", defendeu. 

A opinião de Cinthia Ribeiro é semelhante à de Thelma de Oliveira, que na abertura do seminário, nessa quarta-feira, 27,  defendeu que as candidatas têm um papel fundamental no processo das mudanças políticas. “Nós precisamos de fato ter mais candidatas mulheres, essa tem sido a nossa luta constante dentro do PSDB-Mulher. Mulheres que tenham realmente uma atitude de transformação ao assumirem os cargos”, disse Thelma. Ainda segundo ela, as eleições de 2016 irão definir as eleições de 2018.

Por: Redação

Tags: Cínthia Ribeiro, PSDB Mulher