Estado

Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran-TO) através da gerência de Fiscalização e Segurança, inspecionou empresas de fabricação de placas de veículos, em Palmas, Miracema do Tocantins, Colinas do Tocantins, Colméia e Paraíso do Tocantins. As ações objetivaram identificar qualquer tipo de irregularidade nos serviços de emplacamento e lacração, bem como recolher materiais ilegais.

Entre os produtos recolhidos estão lacres usados; placas novas de motocicleta e carro, sem tarjeta; bobinas usadas de estampagem de placas; além de tarjetas sem realizar o processo de inutilização, que poderiam ser utilizadas novamente de forma ilegal.

Segundo o gerente de Fiscalização e Segurança do Detran, capitão Geraldo Magela,  as ações foram satisfatórias, tendo em vista que a equipe observou várias irregularidades nos locais vistoriados. “É necessário que se faça uma apuração administrativa, para que possamos tomar as devidas providências”, afirmou o gerente.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e em consonância com a Resolução 231/2007, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), bem como Portaria 2.684/2012, do Detran-TO, “é de competência da entidade executiva de trânsito fiscalizar e aplicar penalidades para instituições e empresas privadas envolvidas no processo de emplacamento e lacração de veículos”.