Polí­cia

Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira, 2, o 4º Batalhão de Polícia Militar, conjuntamente com a Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE), a Polícia Civil e Agentes da Secretaria de Defesa e Proteção Social (SEDESP ) realizaram revistas no Presídio Agrícola Luz do Amanhã, em Cariri do Tocantins. A intervenção das forças policiais resultou na apreensão de 16 aparelhos celulares, 17 carregadores para celulares, 40 chuços, 39 porções de produtos entorpecentes análogos à maconha e à cocaína, 6 litros de garrafas pet contendo cachaça artesanal, 18 facas artesanais, 12 terezas, 6 fones de ouvido, 28 ganchos, 2 machadinhas artesanais e R$ 102,00 reais em cédulas.

A operação teve por finalidade a execução de ações ostensivas de caráter preventivo e/ou repressivo no presídio para garantir plena segurança aos reeducandos que cumprem pena no local.

As intervenções aconteceram no período da manhã, ocasião em que as forças policiais adentraram nos 5 pavilhões, retiraram os presos para o banho de sol e em seguida procederam com buscas em todas as celas e suas dependências.

Durante os trabalhos, os agentes da SEDESP retiraram todos os artefatos ilícitos e drogas encontradas no interior das celas, os quais foram apreendidos. Após a conclusão das revistas, os presos retornaram para as respectivas celas, não sendo registrado nenhum incidente.

O comandante da unidade, major Flávio Santos Brito, que acompanhou in loco a operação, declarou que a ação se desenvolve concomitantemente com outras ações operacionais, “cujo principal objetivo é garantir a tranquilidade e a segurança de maneira crescente em Gurupi e região, antes, durante e após as festividades de carnaval, que se aproximam”, disse.