Estado

Foto: Luciano Ribeiro  Télio Leão Aires, representou o governador Marcelo Miranda durante a abertura dos trabalhos legislativos Télio Leão Aires, representou o governador Marcelo Miranda durante a abertura dos trabalhos legislativos

O secretário chefe da Casa Civil, Télio Leão Ayres leu durante a primeira sessão na Assembleia Legislativa do Tocantins nesta terça-feira, 2, a mensagem do governador Marcelo Miranda para este ano. No início do discurso houve algumas vaias de grevistas da Saúde que acompanham a sessão.

Na mensagem, o governador falou da transparência na gestão e prometeu parceria com todos os setores. “Reafirmo diálogo com sociedade civil, entidades de classe e com setores regionais”, disse.

A mensagem pede ainda que os deputados avaliem o preocupante momento de crise pelo qual passa o País e lembrou da situação fiscal que recebeu do Estado e do cenário de desajuste entre “despesas e receitas”. Segundo a mensagem, mesmo com a crise, “O Tocantins superou obstáculos e contabilizou importantes conquistas”, disse. 

Segundo a mensagem do governador, o novo modelo de governança apresentado é transformador no desafio de diminuir as despesas e de modernizar a gestão pública. Num longo discurso, o secretário afirmou que dentre as prioridades está a recuperação dos investimentos no Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev) e recomposição dos valores que foram supostamente mal investidos.

 Ações e eventos

Outra iniciativa mencionada no texto foi a realização do Salão do Livro e a Feira de Folclore e Comidas Típicas do Tocantins (Fecoarte) destinado exclusivamente a fomentar a educação, a cultura e as manifestações artísticas, que registrou um público de mais de 350 mil visitantes e uma movimentação de R$ 7,5 milhões. A Feira de Tecnologia do Tocantins (Agrotins) também mereceu referência, em um setor que representa a vocação do Tocantins. A edição de 2015 fomentou a realização de negócios na ordem de R$ 606 milhões, R$ 46 milhões a mais do que a edição anterior.

Operações de Crédito

O governo referiu-se  ainda aos contratos de Operações de Crédito já retomados, a exemplo do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Tocantins (Prodetur), cujos recursos, da ordem de R$ 120 milhões, serão destinados ao Jalapão, especificamente em obras de pavimentação asfáltica; o Programa de Apoio ao Investimento dos estados e Distrito Federal (Proinveste), que liberou mais de R$ 8 milhões para a reforma do Centro de Atendimento Socioeducativo de Araguaína e na reforma e ampliação do Hospital de Referência de Augustinópolis. Também foi retomamdo o Projeto de Infraestrutura de Escoamento de Produção (Proep), voltado para a modernização dos polos manufatureiros e a estruturação de pontes e rodovias; além do Pró-estado I e II, que em dezembro de 2015 liberou, respectivamente, R$ 156 milhões e R$ 89,5 milhões dos contratos de financiamento.

Outra importante conquista foi a exclusão da contrapartida referente ao empréstimo do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), do Prodoeste, do Pró-Estado I e II, perfazendo uma economia de R$ 455 milhões aos Tocantins.

O secretário da Casa Civil recordou das dificuldades enfrentadas por alguns setores, principalmente a saúde. Citou, no entanto, as iniciativas que deram respostas rápidas às demandas da sociedade, a exemplo da ação Saúde para Todos, que em duas edições, em Guaraí e Paraíso, realizou milhares de procedimentos na área da especialidade de oftalmologia.

Fóruns

Por fim, a mensagem ressaltou que os esforços se multiplicam em todas as áreas de atuação do Estado e destaca a importância da participação do Tocantins nos Fóruns Permanente de Governadores, visando à construção de agendas comuns compostas por ações voltadas para a melhoria dos estados e do Brasil, além da reunião da Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas (GCF) e Conferência das Partes sobre o Clima (COP-21).

A mensagem encerrou citando as últimas medidas do Governo que, dentre outros objetivos, tem o propósito de reorganizar a máquina administrativa do Estado. (Atualizada às 16h10)