Campo

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) está realizando em todo o Estado o monitoramento para comprovar a ausência do vírus da Peste Suína Clássica (PSC) em aproximadamente 164 granjas comerciais de suínos, com o objetivo de manter o status sanitário de livre da doença. A colheita de amostras segue até o dia 12 de fevereiro.

Segundo a responsável técnica pelo Programa Estadual de Sanidade de Suídeos da Adapec, Jakeline Almeida Lemos Vernier, o monitoramento nas granjas comerciais é uma rotina da Agência, e desde 2014 ele é feito a cada seis meses como forma de atestar que o Tocantins está livre da Peste suína Clássica. “Neste monitoramento estamos realizando a colheita de uma amostra em cada granja e, posteriormente, serão encaminhadas a um laboratório contratado pelo Estado para a realização dos exames” disse Jakeline.

O presidente da Adapec, Humberto Camelo, ressaltou que a Agência vem mantendo rigorosamente os prazos de monitoramento das granjas, com objetivo de garantir que o Tocantins receba o reconhecimento internacional de zona livre da PSC. “O comércio de carne suína vem crescendo significativamente no Tocantins com investimentos por parte dos produtores rurais e empresários na criação e comercialização destes animais, por isso, a Adapec está intensificando, em consonância com a legislação, este monitoramento para garantirmos a qualidade dos produtos de origem suína”, apontou Humberto. Ele ainda acrescentou que o Estado busca junto com outras unidades da federação o certificado internacional de zona livre da doença.

Os exames são feitos em um laboratório particular e toda a despesa é custeada pelo Estado. As amostras seguirão ainda este mês para o laboratório.

Dados   

O Tocantins possui um rebanho de suínos em torno de 270 mil animais, distribuídos em 164 granjas comerciais cadastradas na Adapec. Porém a maior parte da criação é de subsistência. Os municípios que concentram o maior número de animais são: Araguatins, Formoso do Araguaia, Porto Nacional, Dois Irmãos e Monte do Carmo.

Peste Suína Clássica

A PSC, também conhecida como febre suína ou cólera dos porcos, é uma enfermidade contagiosa causada por vírus e muitas vezes fatal aos suínos. Os principais sintomas são: depressão e febre alta, hemorragias, regiões avermelhadas, entre outras.  

Por: Redação

Tags: Adapec, Jakeline Almeida Lemos Vernier