Esporte

Foto: Luciano Ribeiro

O ministro do Esporte, George Hilton, se encontrou no Palácio Araguaia com o governador Marcelo Miranda e apresentou a proposta de planejamento do trajeto de revezamento das tochas Olímpica e Paralímpica, que irão passar pela Capital do Tocantins no dia 11 de junho.

Os encontros com o ministro estão sendo organizados nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal como parte da preparação para o revezamento das tochas Olímpica e Paralímpica. A intenção é alinhar questões referentes ao planejamento, segurança e divulgação dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Participaram do encontro, gestores municipais e estaduais, parlamentares estaduais e federais, representantes dos ministérios do Turismo, Cultura, Defesa, Justiça e Secretaria de Governo da Presidência da República, além do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016.

Durante a reunião no Palácio Araguaia, o ministro destacou que Palmas é a 21ª capital visitada. "O entusiasmo é cada dia maior. Não tenho dúvida que Palmas fará uma festa memorável”, disse.

O governador Marcelo Miranda ressaltou o engajamento do Estado, junto aos demais entes federativos, para que o evento aconteça com todo o brilho que merece e destacou a importância do esporte na formação do cidadão.  "Todos nós sabemos do papel e da importante contribuição do esporte na formação de uma consciência coletiva.Os eventos esportivos têm a capacidade que a maioria dos outros não possuem: motivar, reunir e comemorar”, concluiu.

A tocha Olímpica será acesa na Grécia e chegará ao Brasil no dia 3 de maio, em Brasília. Da capital federal, ela iniciará um trajeto de 20 mil quilômetros, em comboio rodoviário, pelas cidades brasileiras. Na Amazônia e em parte da região Centro-Oeste, o trajeto será por via aérea. A chegada está prevista para 4 de agosto, no Rio de Janeiro, véspera da abertura dos Jogos Olímpicos, no Maracanã. O comboio percorrerá cerca de 500 localidades, sendo 300 cidades, que incluem as 26 capitais estaduais, além do Distrito Federal.