Esporte

Foto: João Vieira/Racing Media Mecânicos da Antonelli Motorsport trabalhando no carro de João Vieira nesta quarta-feira em Misano Mecânicos da Antonelli Motorsport trabalhando no carro de João Vieira nesta quarta-feira em Misano

Não poderia ter começado de forma mais positiva, para o tocantinense João Vieira, a pré-temporada do F4 Italian Championship. Ao volante do Tatuus F4 Abarth, da equipe Antonelli Motorsport, o único representante do Tocantins no automobilismo europeu foi o mais rápido após os dois dias de treinos em Misano, local da rodada de abertura do campeonato italiano, de 8 a 10 de abril.

Realizados o tempo todo sob temperaturas inferiores a 10ºC, os treinos se constituíram em um painel diversificado em termos de condições climáticas. Se a chuva se fez presente durante as oito horas de pista aberta na terça, alternando-se entre forte e fraca, na quarta os pilotos encontraram pista seca na maior parte do mesmo período, inclusive com alguma abertura de sol pálido, mas terminando com uma leve garoa. Essa variação não impediu que João Vieira desenvolvesse todo o programa estabelecido, com atuação bastante precisa da equipe nas mudanças de setup, quando foram exigidas. O 1º lugar nas tomadas de tempos coroou de êxito todo o trabalho.

“Eu fiquei feliz pra caramba por treinar aqui em Misano porque eu nunca tive essa oportunidade antes, de me preparar para o campeonato. Foi muito legal ter andado bem, a gente avançou bastante no acerto do carro em várias condições de tempo e, agora, quero muito continuar treinando o máximo possível”disse João Vieira, referindo-se à necessidade de apoio para continuar a boa preparação visando a abertura do calendário. “Outra coisa que me deixa confiante é meu entrosamento com a equipe. Já conheço todo mundo e me dou super bem com eles”, revelou o piloto a respeito do ambiente de trabalho na Antonelli Motorsport.

O fato de ser o mais rápido em Misano, porém, não deixa João Vieira iludido. “É muito importante terminar na frente um treino como esse, com a participação de praticamente toda a categoria, mas a gente precisa conseguir apoio de patrocinadores para melhorar ainda mais essa preparação para que, quando chegar na hora para valer, ter condições de transformar todo esse trabalho em pódio para Tocantins e para o Brasil”, completo o piloto, que na semana que vem estará nas pistas novamente, dessa vez treinando em Vallelunga.

Veja a relação dos 10 mais rápidos do F4 Italian Championship em Misano:

1 – João Vieira (Brasil) – 1.35.564 (127 voltas)

2 – Marino Sato (Japão) – 1.35.725 (156 voltas)

3 – Giuliano Raucci (Brasil) – 1.35.956 (125 voltas)

4 – Kush Maini (India) – 1.36.276 (157 voltas)

5 – Raul Guzman (México) – 1.36.353 (97 voltas)

6 – Manuel Maldonado (Venezuela) – 1.36.414 (241 voltas)

7 – Mariano Lavigna (Itália) – 1.36.454 (139 voltas)

8 – Sebastian Fernandez (Venezuela) – 136.574 (179 voltas)

9 – Federico Malvestiti (Itália) – 1.36.675 (172 voltas)

10 – Yan Shlom (Russia) – 1.36.687 (158 voltas)

13 – Felipe Drugovich (Brasil) – 1.36.869 (215 voltas)

18 – Murilo Coletta (Brasil) – 1.39.493 (132 voltas)