Campo

Foto: Divulgação

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) apreendeu e destruiu cerca de 800 quilos de sementes de forrageiras, por estarem em desacordo com a legislação estadual. A ação ocorreu em uma loja agropecuária, na última terça-feira, 23, em Campos Lindos, região nordeste do Estado, a 450 km de Palmas.

A empresa já tinha sido notificada no dia 22 de janeiro e teve 30 dias para adequação, mas pelo não cumprimento das exigências o empresário foi multado em R$ 3,6 mil.

De acordo com inspetor agropecuário da Adapec de Pedro Afonso, José Carlos Coelho, a empresa foi notificada porque não apresentou a nota fiscal e o termo de conformidade dos produtos. Além disso, faltava o rótulo com identificação, validade, germinação, pureza e o Registro Nacional de Sementes e Mudas (Renasem). “Naquela ocasião, a comercialização foi suspensa, até que a situação fosse regularizada. Porém, o prazo encerrou e o empresário não apresentou a documentação necessária”, explicou.

Para o presidente da Adapec, Humberto Camelo, o objetivo destas ações é impedir o comércio clandestino de produtos que possam colocar em risco o patrimônio fitossanitário do Estado. “Sementes sem procedência podem proliferar pragas, além de não atenderem a qualidade e eficácia que os produtores rurais almejam”, destacou.