Esporte

Foto: Márcio Vieira

O presidente da Federação Tocantinense de Vôlei (FTV), Ricardo Abalém, esteve reunido nesta última segunda-feira, 29, com a vice-governadora, Claudia Lelis, solicitando o empenho do Governo para cadastro imediato do projeto do centro de desenvolvimento Estadual de vôlei, no Sistema de Convênios (Siconv) - Convênios e Contratos de Repasse da Administração Pública Federal.

Com o cadastro, o Ministério dos Esportes fará a análise final do projeto com a finalidade de aprovação e liberação de recursos. “A estimativa é que, até março, toda a documentação esteja pronta para assinatura e que, em julho, a pedra fundamental do centro seja lançada”, anunciou Ricardo Abalém. “O governador Marcelo Miranda já determinou que todas as medidas sejam tomadas para agilidade deste projeto e agora, com a inserção do projeto no SICONV, cumprimos mais uma etapa e em questão de meses teremos os recursos liberados”, ressaltou a vice-governadora, lembrando do caráter social e esportivo do projeto, que irá beneficiar milhares de jovens atletas tocantinenses.

Centro Esportivo

O centro faz parte de um projeto nacional de integração do voleibol, onde a proposta da Confederação Nacional de Vôlei é a construção de 27 centros, um em cada Estado, visando criar uma rede que irá interligar o sistema de treinamento dos estados ao centro de Saquarema (RJ). A obra, que está orçada em R$ 4 milhões, terá duas quadras internas para o vôlei indoor e cinco quadras externas para prática do vôlei de praia.

O Governo do Estado já destinou uma área 56 mil metros quadrados ao lado da Praia das Arnos para a construção do projeto. A construção será viabilizada por meio de uma parceria entre o Ministério do Esporte, Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Governo do Estado e a Federação Tocantinense de Voleibol (FTV).