Polí­tica

Foto: Divulgação

O Partido Republicano Brasileiro (PRB) decidiu, após reunião nesta última quarta-feira, 16, sair da base do governo da presidente Dilma Rousseff e entregar os cargos que ocupa na administração pública federal. Em nota oficial encaminhada à imprensa, o partido diz apoiar um projeto de governo, porém, chegou a conclusão que a atual gestão está empenhada com planos "para se manter no poder e isso não podemos aceitar e concordar", segundo o PRB. 

O partido informou que já vinha discutindo a saída da base há alguns dias. "Em virtude das sucessivas e graves denúncias de corrupção envolvendo o governo, a evidente dificuldade da presidente de formular um projeto político e econômico capaz de conter a crise instalada e restaurar a confiança dos brasileiros no futuro do país", sustenta o PRB. 

Confira nota na íntegra 

Nota Oficial: PRB está fora da base de apoio ao governo Dilma

O PRB – Partido Republicano Brasileiro – decidiu nesta quarta-feira (16), após reunião entre o presidente Marcos Pereira, a Executiva Nacional e a bancada de deputados federais, sair da base do governo da presidente Dilma Rousseff e entregar os cargos que ocupa na administração pública federal.

O PRB apoia um projeto de governo, entretanto chegamos à conclusão que a atual gestão está empenhada com planos para se manter no poder e isso não podemos aceitar e concordar.

Há alguns dias vimos discutindo sobre deixar a base em virtude das sucessivas e graves denúncias de corrupção envolvendo o governo, a evidente dificuldade da presidente de formular um projeto político e econômico capaz de conter a crise instalada e restaurar a confiança dos brasileiros no futuro do país.

Somos uma sigla que veio de José Alencar, um homem que tinha voz ao enfrentar o Governo, o Banco Central e o Ministério da Fazenda. Discutia um projeto para o Brasil com muito trabalho. Hoje isso não existe mais.

Nos tornamos independentes pois acreditamos que nem mesmo a oposição tem um plano a favor do Brasil. Eles também brigam pelo poder e nós do PRB brigamos pelo Brasil. A sigla trilhará o caminho da independência, sem se negar ao diálogo, à colaboração e a votar favoravelmente todas as propostas que considerar positivas para o País.

Deputado Federal César Halum

Presidente Regional do PRB-TO

Por: Redação

Tags: César Halum, Dilma Rousseff, PRB