Campo

Foto: Delfino Miranda

O Tocantins deu mais um passo para a adesão ao Sistema Brasileiro de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), durante reunião com representantes de frigoríficos, entrepostos e laticínios, que ocorreu na manhã desta quarta-feira, 23, em Palmas. Na ocasião, foi apresentado um panorama atual sobre o Sistema, e algumas empresas oficializaram o interesse na adesão.

De acordo com o presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Humberto Camelo, foram investidos mais de R$ 900 mil, por meio de convênio firmado entre os governos do Estado e Federal, para melhorias na estrutura física, veículos, mobiliários, capacitações de inspetores e técnicos, entre outros. “Buscamos cumprir todos os padrões exigidos para ampliarmos o comércio de produtos para todo o país, com equivalência federal”, ressaltou.

O Tocantins recebeu auditoria orientativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em 2012, quando foram feitos os apontamentos que deveriam ser realizados. “Com todas as adequações praticamente prontas, faltava os empresários oficializarem o interesse em aderirem ao Sisbi, para fazermos uma nova solicitação de auditoria para a Adapec em conjunto com os interessados”, explicou a responsável técnica pelo serviço de Inspeção Animal, Joseanne Cademartori Lins.

De acordo com a inspetora agropecuária, Joina Teles, nestes últimos anos houve vários avanços no Serviço de Inspeção Estadual (SIE), visando acelerar o processo de inserção ao Sistema, entre os quais foram citadas as melhorias estruturais, implantação das linhas de inspeção, aumento da equipe de profissionais, aprimoramento nos lançamentos de dados e atualização do Decreto nº 343/96. “Estes são alguns dos requisitos para obtenção do Sisbi no serviço de inspeção de carne, ovos, leite, mel, pescado e seus derivados”, ressaltou.

Os empresários tiraram dúvidas, expuseram suas dificuldades e demonstraram grande interesse à adesão. “Há anos venho adequando conforme as orientações, agora me sinto preparado para requisitar o Sisbi, pois vejo como um agregador de valores, melhorias na qualidade e expansão de mercado, já que poderei comercializar meus produtos em todo o País”, afirmou o empresário Washington Rosário Santos. 

Até o momento sete estados e o Distrito Federal já aderiram ao Sisbi, 10 estados estão em processo de adesão e quatro já receberam a auditoria.