Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou em todo o País, da última quinta-feira (24) ao domingo (27), a Operação Semana Santa 2016. O planejamento para o posicionamento das viaturas e a definição de comandos específicos basearam-se em informações fornecidas pelo setor de estatísticas, determinando dias, horários e locais em que há mais ocorrências de acidentes.

Neste período, as ações de fiscalização estiveram voltadas para a segurança no trânsito, especialmente para as condutas relacionadas aos maiores índices de letalidade nas rodovias: fiscalização do consumo de bebidas alcoólicas, à fiscalização de motocicletas e ciclomotores, ao excesso de velocidade, às ultrapassagens indevidas, à fiscalização do uso do cinto de segurança e de dispositivo de retenção auxiliar para crianças.

Durante a operação 270 motoristas realizaram testes de etilômetro, destes 2 foram presos por conduzirem veículo sob efeito de bebida alcoólica e 3 foram multados por este mesmo motivo. Além disso, com a utilização de redares fotográficos portáteis, 196 veículos foram flagrados acima do limite de velocidade.

Apesar do foco ser a fiscalização de trânsito durante o feriado, não foi deixado de lado o combate à criminalidade. Em Gurupi no sábado (26) por volta de 9 horas da manhã, foi preso um casal, por estarem conduzindo um veículo VW/CROSSFOX roubado em Aparecida de Goiânia e transportando 98 kg de maconha no porta malas.

Além da fiscalização, foram realizadas ações de educação para o trânsito durante todos os dias da Operação Semana Santa, alcançando um total de 634 pessoas sensibilizadas. Em abordagens educativas, os policiais entregaram panfletos e orientaram os motoristas acerca da necessidade de mudança de atitude na condução de veículos.

Foram atendidos 6 acidentes de trânsito durante a operação, em que 5 pessoas ficaram feridas, não foram registrados óbitos. Comparando com a Operação Semana Santa de 2015, nas rodovias federais no Estado do Tocantins, houve redução de 44,4% nonúmero de feridos e a quantidade de mortes foi de 1 no feriado de 2015 para 0 neste ano.