Polí­tica

Foto: Isis Oliveira.

A construção de 127 pequenas barragens restantes e a instalação de cisternas de polietileno para abastecimento de água nas regiões sudeste e norte do Estado é o que pede o deputado José Salomão (PT) em requerimento aprovado na tarde de quarta-feira, 30. Salomão afirma que o programa Tocantins Sem Sede, desde 2013, visa a amenizar os efeitos da seca por meio da construção de, originalmente, 135 pequenas barragens, 11.350 cisternas e 25 sistemas coletivos de abastecimento de água.

“O investimento foi realizado. Entretanto, as cisternas se encontram acumuladas em depósitos do Estado desde 2013”, lamenta o deputado. Salomão cita dados de um levantamento da Agência Tocantinense de Saneamento, segundo o qual, apenas oito das 135 barragens previstas foram construídas, embora todas tenham sido autorizadas. Das cisternas, somente “5.126 se encontram em funcionamento nas residências dos beneficiários do programa”.

O relatório mencionaria ainda, segundo o deputado, que a execução dos programas “deu-se de maneira ineficiente, de modo que diversas famílias das regiões norte e sudeste do Tocantins ainda encontram-se em estado de vulnerabilidade social, expostas a condições sub-humanas”.

Aprovadas ainda quatro requerimentos do deputado Osires Damaso (PSC), dos quais três se destinam ao município de Paranã. Por meio deles, o parlamentar sugere que se estude a viabilidade de reforma da sede do pelotão da Polícia Militar em Paranã e da ponte sobre o Rio São Domingos. A construção de quadras poliesportivas nos distritos de Bom Jesus e Campo Alegre é o teor de outra matéria do deputado para Paranã.

Autora de outros três requerimentos aprovados, em dois deles, a deputada Valderez Castelo Branco (PP) requer ao Governo do Estado veículo para atender a Polícia Militar em Bandeirantes e patrolamento e cascalhamento da TO-164, que liga Bandeirantes a Bernardo Sayão.

O deputado Vilmar de Oliveira (SD) solicita a realização de “operação tapa-buraco” e sinalização horizontal e vertical no trecho da rodovia TO-164, que liga o município de Carmolândia ao povoado Barra da Grota, em Araguaína.