Estado

Foto: Lino Vargas

O prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, reuniu-se com o secretário da Segurança Pública do Tocantins, Cesar Roberto Simoni, na manhã desta segunda-feira, 04, em Palmas. O prefeito foi em busca de soluções para viabilizar uma série de providências que garantam segurança aos moradores de Gurupi.

Ao secretário Cesar Simoni foi relatada a situação preocupante com o crescente número de assaltos e homicídios na cidade. “Estamos aqui em busca de ações concretas, em curto prazo, que tragam a tranqüilidade à comunidade que, com a falta do policiamento adequado, tem ficado refém da violência e isso não podemos mais admitir em Gurupi” – reclamou o prefeito Laurez Moreira.

O prefeito de Gurupi pediu ainda, que fossem enviadas à Gurupi, equipes da Segurança Pública, para diagnóstico da situação. “Precisamos de um levantamento de todas as deficiências ligadas à segurança para sanarmos não só com policiais nas ruas, mas, também, com o cumprimento de mandados de prisão que não foram cumpridos ainda, com o aumento do efetivo de policiais civis também”, solicitou Laurez Moreira.

Força Nacional

Dirigentes e estudantes da Unirg solicitaram ao secretário da Segurança Pública, a presença da Força Nacional na cidade: “sabemos que a Força Nacional  pode nos beneficiar e afugentar bandidos que têm nos assaltado com frequência, e, como o Estado nos diz que está sem condições de tomar providências efetivas, a saída é o chamamento desta alternativa”, afirmou Natália, acadêmica de Direito da Unirg.

Gote

Ao explicar a situação de dificuldades administrativas por que passa o Governo Estadual, o secretário da Segurança Pública assegurou que vai enviar à Gurupi, equipe do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE). “Esses policiais são altamente treinados justamente para lidar com a bandidagem e vai diminuir bastante o registro de violência em Gurupi”, garantiu o secretário, Cesar Roberto Simoni.

Laurez Moreira estava acompanhado de uma comitiva que incluiu a deputada Federal, Josi Nunes, os vereadores, Jonas Barros, Ivanilson Marinho, Walter Júnior e Gleydson Nato; o procurador Geral do Município, Thiago Benfica, defensor Público, Kita Maciel, presidente da Fundação Unirg, Sávio Barbalho, reitora da Unirg, Lady Sakai, presidente da OAB-TO,Walter Ohofugi, além de acadêmicos da Unirg.