Turismo & Lazer

Foto: Divulgação
  •  Rafting no Jalapão
  • Pesca esportiva
  • Natividade
  • Canoagem no Lago de Palmas
  • Trilha na Serra do Gamba, em Almas

O feriado prolongado pode ser uma oportunidade de sair da rotina e visitar lugares ainda desconhecidos. E para quem quer curtir o feriadão sem precisar fazer longas viagens, vai encontrar no Tocantins destinos perfeitos para os amantes de ecoturismo e turismo de aventura, de pesca esportiva, de esportes náuticos e de lugares com muita história e cultura.    

Para quem gosta de natureza uma opção pode ser destinos já bem conhecidos como o Jalapão e o Cantão, que por estarem em áreas de preservação, guardam belezas naturais quase intocadas e espécies raras. No Cantão é possível fazer observação de aves e trilhas aquáticas. Já no Jalapão, o visitante pode tomar um banho revigorante nos fervedouros, visitar as dunas rodeadas de vegetação e se aventurar fazendo rafting e trilha até o topo da Serra do Espírito Santo.

Na região central do Estado, Lajeado e o distrito de Taquaruçu, em Palmas, também mesclam ecoturismo e aventura. Na Serra do Lajeado, trilhas levam os visitantes até um mirante de onde é possível ver a cidade, o lago e a paisagem local, com a vegetação característica de Cerrado. Ainda é possível ver paredões com pinturas rupestres e cachoeiras. Taquaruçu, além de trilhas e cachoeiras, oferece atividades radicais como a tirolesa e ainda a boa gastronomia regional. 

Rios e lagos propiciam a prática de esportes náuticos como stand up paddle, jet-ski, caiaque, remo, natação, rafting e canoagem. Em Miracema do Tocantins, Lajeado, Palmas, Porto Nacional, Brejinho de Nazaré e Ipueiras - cidades banhadas pelo Lago da Usina de Lajeado - é possível a realização de diversas atividades aquáticas, além de contemplar a natureza local.

As Serras Gerais, na região sudeste do Estado, têm belezas ainda pouco exploradas, mas que compensam o esforço dos visitantes. Em Almas, os turistas podem fazer trilhas nas veredas, conhecer aquíferos locais, tomar banho de cachoeira e serem recompensados com a linda vista que o Cânion Encantado proporciona. Na Serra Negra é possível conhecer a cidade de pedra, com variadas formações rochosas, e visitar uma das 32 cachoeiras conhecidas.

Quem curte conhecer a história e a cultura reveladas por meio de patrimônio artístico, arquitetônico,  manifestações populares e gastronomia tradicional deve conhecer Porto Nacional, Natividade e Arraias. Em Porto Nacional, ruas antigas e casarões coloniais preservados revelam um pouco da história da cidade ligada à navegação pelo Rio Tocantins e à extração de ouro, que trouxe muitos garimpeiros ao local. A arquitetura da Catedral de Nossa Senhora das Mercês, de influência francesa, é uma construção imponente.

Em Natividade, a arquitetura colonial e a gastronomia revelam um pouco da cultura local influenciada pela religiosidade.  As ruínas da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos é símbolo do ciclo do ouro e da escravidão no século XVIII.  O turista pode ainda ter um momento refrescante na Cachoeira Paraíso, formada por diversas quedas d’água de médio e pequeno porte, em meio a pedras e paredões rochosos formando, ao longo do percurso, piscinas naturais de águas verdes e transparentes.

No centro de Arraias, um painel histórico, pintado em azulejo, revela um pouco da origem da cidade, ligada à extração do ouro.  A Chapada dos Negros é um sítio histórico formado por ruínas de casas, muralhas e galerias de captação de água. Outro atrativo de Arraias é a famosa paçoca de carne sol, feita de modo tradicional, socada no pilão.

Pesca esportiva

Cerca de 300 espécies diferentes de peixes foram identificadas na bacia Araguaia-Tocantins e isto têm atraído cada vez mais adeptos da pesca esportiva. Palmas é uma das cidades destaque para essa prática, pois ela concilia ótimos pontos de pesca com o conforto que uma Capital oferece, como bons hotéis e restaurantes. O Lago de Palmas é perfeito para uma boa pescaria em toda sua extensão. Outro local bom para a pesca esportiva é no município de Peixe, no lago formado pela usina de Peixe Angical. Ali, além de espécies variadas o visitante pode usufruir da estrutura turística local ou se aventurar acampando.

Por: Redação

Tags: Cantão, arraias, jalapão, natividade, turismo