Polí­tica

Foto: Divulgação Senador Vicentinho Alves ainda está indeciso Senador Vicentinho Alves ainda está indeciso

O senador Vicentinho Alves (PR/TO) informou nesta segunda-feira, 25, ainda estar indeciso quanto ao voto da admissibilidade do processo de impeachment da presidente do Brasil, Dilma Rousseff (PT) do Senado. A orientação do Partido é pela admissibilidade do impedimento. 

Dos três senadores pelo Tocantins, o senador Ataídes Oliveira (PSDB) é contra o governo e votará pela admissibilidade do impeachment. Já o senador Donizeti Nogueira (PT) votará contra a admissibilidade do impeachment. 

O Senado deve eleger ainda hoje a comissão especial para examinar o processo de impeachment. A instalação oficial do colegiado, com a eleição do presidente, do vice e do relator, está prevista para amanhã. Após a instalação da comissão especial, começa a contar o prazo de dez dias úteis para que o relator apresente o parecer sobre a admissibilidade da abertura do processo. 

Votação na Câmara dos Deputados 

A Câmara dos Deputados votou pela admissibilidade do impeachment por 367 a 137 votos. Dos deputados pelo Tocantins, Vicentinho Júnior (PR), filho do senador e Irajá Abreu (PSD) filho da senadora e ministra da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB) foram os únicos a votarem contra o impeachment.