Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Lúcio Campelo (PR) iniciou a sessão desta quinta-feira, 16, fazendo um apelo: “Estou pedindo a vocês, estou implorando a vocês, destranquem a pauta”, solicitou aos parlamentares da base do prefeito Carlos Amastha. Campelo ressaltou que muitas matérias estão acumulando-se na Câmara aguardando votação, sendo a maior parte composta por medidas provisórias e projetos de lei de autoria do Executivo Municipal.

O vereador disse que recentemente o prefeito Carlos Amastha (PSB) prometeu à população a pavimentação de diversas quadras da Capital com dinheiro proveniente de empréstimo internacional. Só que a autorização do pedido  de empréstimo aguarda votação na Câmara.

Para Campelo, o interesse do prefeito em manter os projetos parados na Câmara é para desgastar o legislativo municipal, culpando os vereadores por não realizar as obras e ações que a sociedade precisa. “Na reta final não se pode mais inaugurar nenhuma obra, não se pode iniciar nenhuma obra”, ressaltou Campelo, alertando para o início do período eleitoral, além do recesso parlamentar que inicia-se em primeiro de julho.

O vereador Folha Filho (PSD) concordou que a pauta precisa ser destrancada para dar prosseguimento aos processos e sugeriu uma reunião entre os vereadores para discutirem o destrancamento da pauta.

Empréstimos

Folha Filho salientou que, entre os projetos aguardando aprovação, está a solicitação de empréstimo internacional para a execução das obras de infraestrutura aguardadas por moradores de vários bairros, entre eles, do Taquari, que deverá receber obras de pavimentação asfáltica.

O vereador Milton Neris (PP), entretanto, disse temer que a população esteja sendo enganada pela atual gestão. Isso porque o projeto de lei que solicita autorização de empréstimo não apresenta os projetos nos quais o recurso será utilizado, seja no Taquari ou em outros bairros da Capital.

Neris ainda questionou como a prefeitura vai “pegar empréstimo para asfaltar o Taquari que não está regularizado” e disse que o prefeito é um “mercador de sonhos”

Por: Redação

Tags: Câmara de Palmas, Lúcio Campelo, PR