Meio Ambiente

Foto: Fernando Alves Esta ano, 80 brigadistas serão contratados para atuarem no combate às queimadas Esta ano, 80 brigadistas serão contratados para atuarem no combate às queimadas

A partir desta quinta-feira, 30, estará no ar a campanha de prevenção e sensibilização contra as queimadas no Tocantins. Com o tema "Sua consciência é a cura desse mal", a ação traz situações que a população do Tocantins vive de perto no período em que os focos de incêndios ganham força em todas as regiões do Estado. 

O mote traz imagens reais de queimadas no campo, nas estradas e destaca a luta do Corpo de Bombeiros contra as labaredas de fogo. “É uma campanha que mostra a nossa realidade e que prejudica o homem do campo, polui o ar que respiramos, além de causar prejuízos irreversíveis ao meio ambiente”, reforçou a titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Meire Carreira. Além do vídeo de 60 segundos, para veiculação em emissoras de televisão e spot para rádios, os municípios que registraram, em 2016, o maior número de focos de incêndios receberão outdoor com o lema da campanha. 

Meire Carreira explica que, desde fevereiro, o Governo do Tocantins atua em várias frentes de prevenção e combate às queimadas. “Envolvemos os municípios com o Protocolo do Fogo, ao todo, 30 cidades aderiram a este compromisso, além dos investimentos para a contratação de 80 brigadistas que atenderão aos nove municípios que mais sofrem com os incêndios. O Cadastro Ambiental Rural é outra meta que estamos priorizando, pois será uma ferramenta que visa cumprir as metas de redução das emissões de gases de feito estufa”, afirmou. 

Orientações   

A Defesa Civil Estadual informa que o tempo seco aumenta o risco de incêndios florestais. Por isso, sugere, à população, que não façam fogueiras e também não joguem pontas de cigarros para fora dos veículos. Além disso, os motoristas que trafegarem por regiões sujeitas a incêndios deverão ter atenção redobrada devido à visibilidade reduzida pela fumaça. Para a população em geral, recomenda-se que não coloquem fogo em folhas ou galhos secos e principalmente nos terrenos baldios.   

Umidade

A Defesa Civil Estadual orienta, a todos, que durante o período de estiagem, onde há aumento da temperatura e baixa Umidade Relativa do Ar (UR%), procedimentos de precaução devem ser tomados a fim de evitar riscos à saúde. De acordo com os dados coletados, as regiões sul e sudeste do Estado já se encontram em estado de atenção, uma vez que a umidade está  variando entre 20% e 30% em períodos críticos de calor, no período entre meio-dia e 16 horas.