Polí­tica

Foto: Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) publicou nessa quarta-feira (29/6) a Resolução número 353, que dispõe sobre o número de integrantes da mesa receptora de votos e justificativa nas Eleições 2016.

A Resolução foi aprovada por unanimidade, durante a Sessão do Pleno, que aconteceu na manhã desta terça-feira (28/6).

As Mesas Receptoras de Votos no Tocantins serão compostas por um presidente, um secretário, um primeiro e um segundo mesário. E as Mesas Receptoras de Justificativas serão compostas de um presidente, um primeiro mesário e um secretário. As pessoas que irão compor as mesas serão designadas pelo juiz de cada Zona Eleitoral, até o dia 3 de agosto.

Os eleitores que têm interesse em ser Mesário Voluntário nas Eleições de 2016 podem se cadastrar no cartório da sua região ou pelo site do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO).

O mesário voluntário é fundamental para a realização do pleito, em cada eleição a Justiça Eleitoral tocantinense conta com a participação de mais de 12 mil cidadãos para garantir a eficiência deste grande evento democrático.

Quem pode ser mesário

Para fazer parte desta equipe é necessário ter mais de 18 anos, não ser candidato ou ter qualquer relação com partidos políticos e não desempenhar cargos de confiança no Executivo, ser autoridade ou agente policial.

Vantagens

Além de contribuir com a democracia, o cidadão que atua como mesário voluntário terá garantido dois dias de dispensa do serviço, público ou privado, por cada dia trabalhado nas eleições e de treinamento. Para alunos de Faculdades e Universidades as horas trabalhadas contam como atividade extracurricular, além de servir como critério de desempate em concurso público, quando estabelecido no edital.