Polí­tica

Foto: Divulgação

O empreendimento que beneficiará 400 famílias teve seu primeiro lote lançado em Palmas. Nesta fase inicial serão construídos 160 apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida - Entidades. A cerimônia aconteceu nessa sexta-feira (1º de julho), no espaço do residencial Parque da Praia, na ALC-NO 33, próximo à Praia das Arnos. Na ocasião, o deputado estadual Zé Roberto lembrou da intensa batalha enfrentada por ele na Assembleia Legislativa para a doação da área. “A ideia dos mais humildes vivendo na beira do lago incomodam muita gente. Mas acreditamos que o trabalhador que constroem a cidade também tem o direito de morar em uma área nobre”, defendeu.

O parlamentar explica que queriam tirar essas áreas dos movimentos populares, o que não justificava, pois essa conquista foi dos trabalhadores. “Demorou quase dois anos para aprovar a Lei (de doação), depois que fiz uma emenda (parlamentar), a construção voltou para os movimentos, infelizmente quase quatrocentas famílias ainda estão de fora, mas a luta continua até que todos possam está dentro das suas moradias”, ressaltou Zé Roberto.

As unidades habitacionais são fruto da luta da Federação das Associações Comunitárias e de Moradores do Tocantins (Faconto). A entidade é responsável de gerir os recursos para execução Obra. Uma das beneficiárias, a aposentada Antolina Anjos de Oliveira, 64 anos, está na luta pela moradia a mais de dezoito anos. Ele conta que enfrentou muitas dificuldades e deixar de pagar aluguel é uma grande vitória. “Quando fiquei sabendo que tinha sido contemplada chorei de emoção. Deus sabe da minha luta e hoje tivemos uma grande vitória”, comemorou.

Já a dona de casa Deusicleia Saldanha, mãe de três filhos está radiante de alegria. Ela está na luta a mais de cinco anos e já participou de outros cadastros. “Estou querendo a minha casa própria a muito tempo, principalmente aqui em Palmas que viver de aluguel é um preço muito caro”, explicou.