Polí­tica

Foto: Divulgação

A pré-candidata à Prefeitura de Palmas e vice-governadora, Cláudia Lelis (PV), anunciou nessa segunda-feira, 4, no Aureny II, durante lançamento da pré-campanha a vereador do servidor público, Edimar Bambino (PSDC), que a convenção do Partido Verde será na região Sul. A data e o local serão anunciada nos próximos dias. A pré-candidata disse que os detalhes já estão sendo acertados.

Em outro evento ocorrido também na região Sul de Palmas, outro aliado do PV, o Cirley do Carro de Som (PSDC), lançou sua pré-candidatura ao cargo de vereador. O evento foi prestigiado pelo presidente regional do PV, Marcelo Lelis.

Na ocasião, falou da falta de política social por parte da Prefeitura, da promessa não cumprida do atual prefeito da construção do hospital de emergências e dos R$ 240 milhões para a implantação do BRT que foram devolvidos, enquanto a população continua sem abrigos e iluminação nos pontos de ônibus e com linhas escassas. “Tudo isso se resume à falta de prioridade e de vontade política. O atual gestor disse que uma gestão não pode ter prioridade, discordo. Uma gestão pode e deve ter prioridade, porque dinheiro é coisa séria, tem que ter foco e equilíbrio no seu uso”, disse.  

Cláudia Lelis ainda criticou as perspectivas equivocadas da gestão municipal. “Tem pré-candidato dizendo que não dá para construir o hospital de emergências. Se conseguiu R$ 240 milhões para o BRT, por que não R$ 50 milhões para o hospital”, questionou, dizendo ainda que o Tocantins tem uma bancada forte em Brasília, o que contribui para angariar recursos e que “basta vontade política para ir atrás.” 

Qualidade de vida              

A pré-candidata disse ainda que na atual crise que o país enfrenta, o foco tem que ser em projetos que melhorem a qualidade de vida das pessoas, como levar infraestrutura aos bairros carentes e legalizar aqueles irregulares. “É um absurdo tantas famílias viverem há tantos anos sem a regularização fundiária. Para isso o PV e seus aliados propõem o Projeto Morar Legal para solucionar de vez este problema”, afirmou. 

Cláudia Lelis disse que também falta prioridade na hora de cuidar dos idosos, que sofreram impacto com o fechamento de Centros de Referência de Assistência Social (Cras), que precisam ser reativados. Outro exemplo dado por ela é o do descuido com os jovens, muitos dos quais sem oportunidade e ocupação direcionada acabam por se voltar para a criminalidade. “O que o nosso partido e as siglas aliadas propõem são projetos culturais e esportivos, através da ocupação dos espaços públicos para amparar estes jovens, além de parcerias com o Sistema S e empresários para que possamos capacitá-los e empregá-los.”

Vereadores

No evento a pré-candidata ainda trouxe uma reflexão quanto à escolha dos novos vereadores para Palmas.  “Vamos escolher homens e mulheres que vão resolver os problemas da porta da nossa casa”, falou ao se referir ao que chamou de um absurdo, a pauta da Câmara de Vereadores trancada há mais de 90 dias. E parabenizou o time de pré-candidatos dos partidos aliados ao PV, a exemplo de Edimar Bambino.

O evento foi prestigiado pelos presidentes metropolitanos do PV, Deocleciano Gomes e do PSDC, Gilvan Lino, além do secretário geral e coordenador político pela sigla do PSDC, Irmão Elmir.

Por: Redação

Tags: Claudia Lélis, PV, Prefeitura de Palmas