Polí­tica

Foto: Divulgação

O senador Vicentinho Alves (PR/TO) requereu, durante sessão ordinária do Senado, nesta quarta, 13 de julho de 2016, Voto de Aplauso pelo aniversário de 155 anos de emancipação política de Porto Nacional/TO, sua cidade natal.

Em discurso, no plenário, o senador tocantinense destacou que "em quase 3 séculos de existência, Porto Nacional sempre esteve presente - histórica e culturalmente - na formação da identidade do povo tocantinense: da luta libertária do, então, norte-goiano até a cessão de porção do seu território para a construção da capital Palmas, em 1989 - fato que me coube a honra de, como prefeito de Porto Nacional à época, assinar o desmembramento de Porto Nacional para, não apenas garantir a criação da capital, mas também do distrito de Taquaruçu", disse.

Justificativa

O senador justificou o Voto de Aplauso, lembrando que município de Porto Nacional foi emancipado no dia 13 de julho de 1861 e completa hoje 155 anos de emancipação política, porém, sua fundação, remonta há bem mais tempo. Em 1738, ainda no século XVIII, bandeirantes e aventureiros portugueses se embrenhavam pelos sertões do Brasil à procura de ouro. Foi então que fundaram o “Pontal”, dentro deste processo de descoberta de garimpos na região setentrional da capitania de São Paulo.

Nomes

O município recebeu ainda os nomes de Porto da Salvação, Porto Real, na época do Brasil-Reino, Porto Imperial, na época do Império e, finalmente Porto Nacional, após a proclamação da República. São quase 300 anos de história.

Economia

Atualmente, a cidade ostenta expressivo vigor econômico. Localizada próximo à capital Palmas e às margens do Tocantins, rio que ainda no século XX já era a principal via de acesso para o transporte de mercadorias, Porto Nacional abriga o Pátio Multimodal da Ferrovia Norte-Sul e concentra grande número de empresas ligadas ao setor do agronegócio e de serviços.

Sua força econômica atraiu a atenção de investidores e a cidade hoje experimenta forte incremento populacional, que se deve também a sua localização estratégica e à oferta de diversos cursos de graduação, especialmente na área de saúde.

Ao apresentar os votos de aplausos pelo aniversário de 155 anos de emancipação política o senador estendeu os cumprimentos aos portuenses que, segundo ele, “com o seu trabalho e abnegação, construíram essa bela cidade e a tornam cada dia um lugar melhor para se viver”, disse.