Estado

Foto: Divulgação

Como parte das estratégias de mobilização dos servidores públicos estaduais para cobrar o pagamento da data-base, o Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (Sisepe-TO) está disponibilizando plotagem gratuita para os vidros traseiros dos carros.

Os servidores públicos que quiserem adesivar o seu carro, devem procurar a sede administrativa do Sisepe-TO, em Palmas, para pegar a autorização na Gerência Administrativa. O adesivo reivindica o pagamento da data-base, com a seguinte frase: “Governador, chega de enrolação: data-base é reposição da inflação”. A plotagem é feita com adesivo perfurado, o que garante a visibilidade e não prejudica a visão do motorista do veículo.

Também como parte da mobilização, uma equipe do Sisepe está viajando as principais cidades do interior do Estado para convocar os servidores a participarem da Assembleia Geral do próximo dia 05, em Palmas. Na ocasião, os servidores representados pelo Sisepe-TO vão deliberar sobre a greve geral datada para iniciar em 09 de agosto.

“Essa semana passamos por Pedro Afonso, Guaraí, Colinas, Araguaína, Augustinópolis, Araguatins e hoje (sexta-feira) estamos em Tocantinópolis. É impressionante ver a receptividade do servidor do interior que está firme na luta da data-base e pronto para a greve. Acreditamos que a Assembleia Geral do dia 05 terá um grande número de participantes”, contou o presidente Cleiton Pinheiro.

Para o diretor-geral do Sisepe, Clayrton Cleiber, que também está em viagem para mobilizar os servidores, a união dos servidores fará o diferencial na negociação da data-base. “O Governo precisa sentir a força e a união da nossa categoria. A data-base atinge diretamente quase 35 mil servidores públicos e somente a nossa mobilização vai mostrar ao Governo que não abrimos mão de uma conquista que já está garantida na lei”, pontuou.

Próximas ações 

Na semana que vem, estão previstas viagens para as regiões Sul e Sudeste do Tocantins, além de outras ações específicas para Palmas. A negociação da data-base é feita de forma conjunta e é coordenada pelo Movimento de União dos Servidores Públicos Civis e Militares do Tocantins (MUSME-TO)