Campo

Foto: Divulgação

Duas importantes ações voltadas para os produtores tocantinenses serão realizadas nesta semana, a partir dessa terça-feira, 26, pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) - Workshop em gado de corte (Genética e Reprodução) - Etapa Tocantins e a continuidade do levantamento de informações e demandas sobre a produção apícola tocantinense.

Realizado até quinta-feira, 28, em parceria com as empresas Alta Genética e Zoetis, o Workshop em gado de corte (Genética e Reprodução) - Etapa Tocantins chega às cidades de Araguaína, Paraíso e Gurupi com a meta de aprofundar as técnicas de manipulação genética e inseminação artificial voltadas para a melhoria do rebanho tocantinenses.

Em cada um dos municípios, a programação contará com a abertura da Seagro, responsável pela palestra “Políticas Públicas para a melhoria da qualidade genética do rebanho bovino tocantinense”.

Aumento da produtividade, cruzamento industrial para aumentar a lucratividade, seleção de animais superiores por meio dos marcadores moleculares (Clarifide), apresentação do caso regional da Fazenda Vale do Boi, manejo reprodutivo em vaca e novilhas de corte e os benefícios gerados pelo programa ConceptPlus estão entre os temas abordados durante os workshops, que serão realizados respectivamente em Araguaína (26), no Hotel Executivo, Paraíso (27), no Auditório da Acip, e Gurupi (28), no Di Nápoli Plaza Hotel.

Mel

Também entre terça e quinta, 26 a 28, técnicos da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) e do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) visitarão os entrepostos e as casas de mel dos municípios de Colinas, Nova Olinda, Wanderlândia e Nazaré. O objetivo é avaliar as principais necessidades para garantia de funcionamento, como equipamentos e implementos apícolas, visando captação de recursos.

Durante as visitas, a equipe levará também informações sobre o Selo de Inspeção Federal (SIF) e boas práticas de higienização antes, durante e pós-safra. Além disso, a equipe da Seagro buscará a atualização dos principais dados sobre a produção de mel,  como preço e mercado.

As ações foram iniciadas em junho, com levantamentos para diagnósticos das casas de mel e entrepostos de sete municípios nas regiões Sul e Central do Estado.