Estado

Foto: Divulgação

Buscando levantar informações sobre oportunidades de negócios para investidores do Japão na região do Matopiba - conhecida como última fronteira agrícola e integrando partes dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia-, o representante da empresa Campo Consultoria e Agronegócio, Sho Yamada, esteve nesta terça-feira, 2, reunido com o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), Alexandro de Castro, na sede da pasta, em Palmas. 

As principais oportunidades destacadas durante a reunião foram nas áreas de transferência de tecnologia e qualificação de mão-de-obra; nos setores avícola, de suinocultura e de cortes diferenciados de carne para exportação; e de logística nos modais hidroviário, rodoviário, aeroviário e ferroviário.

Na área de logística, um investimento com grande retorno seria na infraestrutura que liga os estados do Mato Grosso e Pará ao Tocantins. “Essa é uma grande área de produção, e integrar essa região é uma oportunidade de escoamento de produtos e de recepção de insumos não só para o Japão, mas para empresas japonesas instaladas em outros países”, destacou Alexandro de Castro.

O processamento de produtos da região do Matopiba para exportação foi outro ponto levantado no encontro. O Tocantins possui matéria-prima e mão-de-obra que favorecem investimentos de indústrias de processamento.  

Em visita técnica, Sho Yamada disse que o objetivo é fazer um levantamento de informações para compor um relatório com as principais opções de negócios para atender a interesses do governo japonês. Ele avalia que o investimento em estrutura logística para escoamento de produção tem grande potencial no Estado.

O encontro é desdobramento do diálogo iniciado no seminário Diálogo Brasil-Japão: Intercâmbio Econômico e Comercial em Agricultura e Alimentos no Matopiba, realizado em fevereiro, em Palmas.

Por: Redação

Tags: Alexandro de Castro, Matopiba, Sho Yamada