Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma das celebrações religiosas que mais arrasta fieis da Igreja Católica no Estado do Tocantins é a Romaria do Senhor do Bonfim, que acontece entre os dias 5 e 17 de agosto, nos municípios de Araguacema, Fortaleza do Tabocão e no povoado do Bonfim, em Natividade. Para assegurar a tranquilidade e a segurança dos romeiros, a Polícia Militar se prepara para fazer o policiamento durante o evento.

O planejamento de ações estratégicas tem sido feito em parceria com a Igreja Católica e Prefeituras Municipais, a fim de garantir o bem estar e a tranquilidade dos devotos e moradores, além de proteger o patrimônio e preservar a ordem pública.

“A Polícia Militar está trabalhando em prol de manter o bom andamento da festividade religiosa tanto para os romeiros, para a população dos municípios e para as pessoas que comercializam bens e alimentos. Nossas ações serão desenvolvidas em conjunto com outros órgãos de segurança pública como o Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Além de termos o apoio dos batalhões da PM de Polícia Ambiental (BPMA) e Rodoviária Estadual e de Divisas (BPMRED), no intuito de potencializarmos as ações de segurança”, disse a major Denise Marcela Guimaraes e Silva Gomes, que responde pela Seção de Planejamento da PM.

A PM terá postos de atendimento nos municípios, onde haverá prestação de serviço diuturnamente à sociedade. Para maior disposição e emprego, os policiais militares ficarão alojados nos municípios onde ocorrem os festejos durante todo o período festivo. O efetivo policial contará com militares do serviço administrativo da capital que estarão empenhados, juntamente com o efetivo operacional do 7º e 8º Batalhão e da 2º Companhia Independente da PM, respectivamente, em Fortaleza do Tabocão, Araguacema e Natividade.

Para coibir ações criminosas nas imediações das igrejas e nos locais de grande aglomeração de pessoas, a Polícia Militar irá fazer uso de diversas frentes de serviço como patrulhamento a pé, em motocicletas, veículos de quatro rodas e outras frentes de serviço peculiares aos festejos.

Segundo o comandante geral da PM, coronel Glauber de Oliveira Santos, o policiamento nos três municípios de maior expressividade dos festejos, Araguacema, povoado do Bonfim e Fortaleza do Tabocão, será reforçado. “Estamos enviando militares para reforçar o policiamento durante todo o período de festejo. Nossas ações serão focadas no policiamento preventivo e na fiscalização de ações que incitem a desordem e o cometimento de crimes. Esperamos que o público possa participar da romaria com fé e alegria”, destacou.

Festejo do Senhor do Bonfim

A primeira igreja foi construída no povoado em 1750, depois que um vaqueiro encontrou uma imagem do santo em cima de um toco de árvore. Segundo a cultura religiosa, o homem comunicou a população de Natividade sobre o achado e as pessoas foram até o local e levaram o santo para o município. Alguns dias depois a imagem teria desaparecido de Natividade e reaparecido misteriosamente no mesmo local, onde foi encontrada. Desde então, os fieis mantêm a imagem no local, povoado onde hoje acontece a maior romaria do estado, em Natividade.