Polí­tica

Foto: Divulgação

“Falta pouco para acabar com a era de mentiras, irresponsabilidade, incompetência e corrupção imposta pelo PT e para devolver o Brasil, enfim, ao povo brasileiro.” A declaração é do presidente do PSDB/TO, senador Ataídes Oliveira, que comemorou a aprovação, nesta quinta-feira (4), na Comissão de Impeachment, do parecer final do senador Antonio Anastasia favorável ao julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff.

O resultado da votação já era dado como certo pelo senador Ataídes, “pois não havia a menor dúvida em relação aos crimes de responsabilidade cometidos pela presidente Dilma, que afrontou a Constituição Federal, a Lei Orçamentária e a Lei de Responsabilidade Fiscal”. Segundo o senador, o processo contra a presidente afastada tem como base a edição de créditos suplementares sem autorização legal e “pedaladas fiscais” que mascararam o rombo das contas públicas.

Legado 

Ataídes acredita que o impeachment será aprovado definitivamente pelo Plenário do Senado até o final de agosto e que a tese petista de “golpe” já não é levada a sério nem por quem votou em Dilma nas últimas eleições. “Esse é um discurso vazio, uma ladainha que não se sustenta em qualquer argumento sólido. A presidente Dilma teve seu direito de defesa amplamente assegurado ao longo de todo o processo”, ponderou.

O senador também fez questão de frisar que a presidente afastada deixa ao Brasil um legado lastimável, de recessão, inflação, desemprego, dívida pública exorbitante e crise ética sem precedentes. “É hora de virar essa página e resgatar a esperança e a confiança dos brasileiros, reconstruindo a economia nacional e garantindo mais renda e emprego para a população”, concluiu.