Educação

Foto: Divulgação

Secretários de Educação dos Estados de Tocantins, Rondônia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que compõem a Câmara de Educação do Consórcio Brasil Central, reuniram-se nesta quinta-feira, 18, em Bonito (MS) no Fórum de Governadores do Brasil Central para tratar da melhoria da qualidade da educação pública.

Durante o encontro, os secretários assinaram o Termo de Cooperação para a melhoria da qualidade do ensino público de Nível Fundamental e Médio, celebrado entre as secretarias de Educação e a Fundação Itaú Social, por meio da implantação do Programa Tutoria Pedagógica. Eles discutiram sobre os desafios do Ensino Médio Integrado à Educação Profissional e a validação do regimento que regulamentará o funcionamento da Câmara de Educação.

O acordo de cooperação visa fortalecer a atuação de liderança pedagógica das redes estaduais de ensino que compõem o Consórcio e implementar o programa a partir da formação continuada para docentes, por meio das estratégias de tutoria.

O Tutoria Pedagógica será oferecido pelo Itaú Social, e caberá aos estados indicar os profissionais responsáveis para planejar e implementar o Programa, bem como os que participarão da formação, compartilhar dados que possibilitem o acompanhamento e a análise do desenvolvimento e dos impactos do programa.

De acordo com a secretária, professora Wanessa Sechim, o Tutoria consiste no acompanhamento aos profissionais que atuam no ambiente escolar. “Os tutores auxiliarão os docentes em suas necessidades pedagógicas, por meio de formações continuadas. Assim como os docentes que estão em sala de aula, os tutores são professores com conhecimento e instrumentos técnicos para auxiliar, com um olhar crítico, a prática pedagógica, o que resultará em um maior índice de aprendizado do aluno”.