Educação

Foto: George Francisco Coelho Santos Os alunos da rede estadual serão representantes do Tocantins na etapa nacional da OBR, que acontece de 9 a 12 de outubro, em Recife (PE) Os alunos da rede estadual serão representantes do Tocantins na etapa nacional da OBR, que acontece de 9 a 12 de outubro, em Recife (PE)
  • Participaram da etapa estadual alunos de escolas públicas e particulares de Almas, Araguaína, Dianópolis, Gurupi e Palmas

Estreantes na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), Stalin Soares e Rafael Rodrigues, alunos da Escola Estadual Deoclides Muniz, de Almas, conseguiram a proeza de conquistar o primeiro lugar na etapa estadual da 10ª edição do evento, na modalidade prática, categoria nível 1. O evento foi realizado em Palmas, nos dias 19 e 20 deste mês, com a participação de 15 equipes de escolas públicas e particulares das cidades de Almas, Dianópolis, Araguaína, Palmas e Gurupi. 

Com a façanha, os alunos do 8º ano do ensino fundamental serão representantes do Tocantins na etapa nacional da OBR, que acontece de 9 a 12 de outubro em Recife (PE). O que para eles significa uma grande responsabilidade e a possibilidade de alcançar patamares mais altos. “Nós entramos pensando em competir e ganhar experiência, mas fomos os campeões. Mal dá para acreditar. Para a nacional vamos fazer algumas modificações no robô e fazer um treinamento sério para a próxima etapa”, relata Rafael.

Stalin e Rafael são integrantes de um projeto de extensão do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), campus Dianópolis, realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). Inicialmente estão sendo atendidos os alunos das Escolas Estaduais Deoclides Muniz, localizada na cidade de Almas, e Coronel Abílio Wolney, da cidade de Dianópolis.

De acordo com o coordenador do projeto, o professor do curso de Licenciatura em Computação do campus Dianópolis, Dêmis Gomes, “a intenção é oferecer aos alunos do ensino fundamental conceitos básicos sobre robótica e programação e possibilitar a participação dos educandos em competição de robótica, ofertando ainda a oportunidade aos acadêmicos do curso superior de Licenciatura em Computação de estarem em campo, exercendo a docência”.

Outros destaques

Edinei Gualberto, Jonatas Santos e Marcelo Freitas, alunos do 9º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Coronel Abílio Wolney, destacaram-se na competição garantindo o segundo lugar na categoria prática nível 1, além de receberam medalha de honra ao mérito como a equipe com melhor dedicação.

Os educandos Edinel Joaquim e Guilherme dos Santos, alunos do 8º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Deoclides Muniz, também participaram da disputa e conquistaram confiança e experiência para as próximas competições. As equipes são lideradas pelos acadêmicos de Licenciatura em Computação do campus Dianópolis do IFTO, George Francisco e Farlly Araújo.

Sobre a Olimpíada

A Olimpíada de Robótica é promovida pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e a Sociedade Brasileira de Automática (SBA), com apoio do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. A etapa nacional é realizada em conjunto com outros eventos nacionais, como a Competição Brasileira de Robótica (CBR) e congressos nas áreas de inteligência artificial e robótica. O principal objetivo é estimular jovens estudantes, possibilitando aos finalistas estarem em contato com alguns dos maiores pesquisadores da área de robótica do Brasil.

A OBR é apoiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que se utiliza da temática da robótica para atrair jovens, buscando estimulá-los a seguirem carreiras científico-tecnológicas. Além de identificar talentos, a OBR promove debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro.