Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Paulo Mourão (PT) encaminhou um requerimento em regime de urgência na Assembleia Legislativa (AL), propondo que o Governo do Estado implante o benefício da tarifa semiurbana no sistema de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros das cidades que fazem parte da região metropolitana de Palmas que são Porto Nacional, Miracema e Paraíso.

Segundo o deputado a Agência Tocantinense de Regulação Controle e Fiscalização (ATR) fez no final do ano passado, um diagnóstico da demanda de transporte semiurbano de passageiros no entorno de Palmas. O estudo apontou que existe a necessidade do beneficio da tarifa para os usuários dos transportes coletivos na região que engloba a área metropolitana da capital, tendo em vista que há um fluxo significativo diário de passageiros circulando por estas cidades, sendo a maioria composta por estudantes e trabalhadores que se locomovem de suas residências para outras cidades para estudar e trabalhar, além de pessoas que buscam serviços na área da saúde e comércio em geral.

“Isso já é uma discussão que vem sendo feita nesta Casa de Leis por vários parlamentares. No ano passado, recebemos uma comissão de alunos universitários conduzidos por um professor da Universidade Federal do Tocantins, que nos procurou para pedir apoio. Nós entendemos que neste momento o Estado pode contribuir, já que foi feito o estudo desse tema, e comprovado a necessidade da implantação do benefício da tarifa semiurbana no sistema de transporte Intermunicipal que é o que resguarda a lei dos transportes semiurbanos observando a classe trabalhadora e estudantil”, explicou.

“A lei que rege a região metropolitana que engloba as cidades de Palmas, Porto Nacional, Paraíso e Miracema pode ser contemplada com tarifas justas, mais acessíveis ao bolso dos usuários, favorecendo e dando uma maior mobilidade entre os municípios e a capital, com uma significativa redução de gastos das pessoas que utilizam o transporte público. É neste sentido, através desta matéria, que solicito ao governo a implementação de um projeto piloto iniciando pela cidade de Porto Nacional, a qual irá ter uma redução na ordem de mais ou menos 30% do valor da passagem que hoje vigora e mais de 50% da classe estudantil”, reforçou o parlamentar.