Educação

Foto: Elias Oliveira Indígenas tocantinenses deverão ser contemplados com Licenciatura Intercultural Indígenas tocantinenses deverão ser contemplados com Licenciatura Intercultural

Será realizado em Araguaína, nesta terça-feira (30/08), o Encontro Regional Norte do Tocantins dos Povos Indígenas. O evento é uma ação da Secretaria de Cidadania e Justiça, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), dentro do programa de defesa dos Direitos Humanos.

O objetivo do encontro é a criação do Conselho Estadual de Políticas Públicas Indigenistas; a organização do Fórum Estadual dos Povos Indígenas; a articulação das mulheres indígenas do Tocantins; a rearticulação do Plano Estadual de Políticas Públicas para os Povos Indígenas do Tocantins.

Os órgãos parceiros na realização do evento são a Defensoria Pública Estadual, Defensoria Pública Federal, Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria do Trabalho e Assistência Social, Fundação Nacional do Índio (Funai), Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dsei), Ruraltins, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Naturatins, Secretaria Estadual de Planejamento entre outros.

A participação de todos no encontro tem relevante importância, haja vista tratar-se de política multilateral e seu fortalecimento ser fundamental para a melhoria da qualidade de vida dos povos indígenas do Tocantins. Ter afinidade com o trabalho indígena é de grande importância para que as atividades se efetivem com sucesso.

As discussões, em Araguaína, terão início as 8h30 e previsão de encerramento as 18h.

Porto Nacional

Paralelamente ao Encontro na cidade de Araguaína, Porto Nacional sediará o Seminário para elaboração do Projeto Político Pedagógico (PPP) do curso de Licenciatura Intercultural, que será ofertado pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) a partir do ano de 2017, conforme possibilidades.

O Seminário acontecerá em Porto Nacional entre os dias 30 de agosto e primeiro de setembro. A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes é convidada a participar dos trabalhos, além do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), da Funai e Centro de Trabalho Indigenista (CTI).  A secretária professora Wanessa Sechim Zavarese considera importante a implantação de um curso voltado para a interculturalidade. “O Tocantins é um estado onde há diversas etnias indígenas e esses povos precisam ser valorizados. O curso de Licenciatura intercultural vai ao encontro de nossas perspectivas para uma educação de qualidade para todos.”, enfatizou.

Por: Redação

Tags: Araguaina, Porto Nacional, Povos Indígenas