Economia

Foto: Divulgação

O número de famílias que se consideram endividadas em agosto subiu para 71%, um aumento de 2,4% se comparado ao mês de julho, quando 68,6% dos consumidores se declararam nessa situação. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada pela Fecomércio Tocantins em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

“Este é o segundo mês consecutivo em que percebemos o crescimento de famílias com dívidas, depois da queda registrada em junho, quando 66,5% dos consumidores estavam nessa situação”, comenta o presidente do Sistema Fecomércio, Itelvino Pisoni. Apesar do aumento, o índice ainda é menor que o registrado em agosto de 2015. No mesmo período do ano passado, 73,6% dos palmenses entrevistados disseram ter algum tipo de dívida.

Para essa pesquisa, são consideradas dívidas o comprometimento com cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros. E para a maioria dos consumidores entrevistados (73,8%), o cartão de crédito continua sendo o principal peso no orçamento, à frente dos carnês (25,1%) e dos financiamentos de carros (21,9%).

A pesquisa também apontou que, entre os endividados, apenas 18,8% disseram estar com contas em atraso e somente 3% disseram que não terão condições de quitar os atrasados no próximo mês. Dentre as famílias com contas em atraso, o tempo médio de pagamento das dívidas mais citado foi de 30 dias, confirmado pela maioria 39,9%.

Cerca de 70% dos consumidores comprometeram de 30 a 50% da renda total com as dívidas e 47,3% possuem contas longas, com duração acima de um ano.

A PEIC

Foram entrevistadas 500 famílias palmenses divididas em duas categorias: as que recebem até 10 salários mínimos/mês e as que ganham mais de 10 salários mínimos. Os números aqui destacados são do índice geral, ou seja, das duas categorias pesquisadas. A PEIC de agosto foi aplicada nos últimos 10 dias de julho.

Por: Redação

Tags: Fecomércio, Itelvino Pisoni