Esporte

Foto: Divulgação

Uma bela estreia para o piloto Lucas Teixeira e o navegador Rafael Dias, da HND Racing, que finalizaram a primeira etapa do 24º Rally dos Sertões, na quarta posição da categoria Pró Brasil, e 11º lugar na classificação Geral. A caravana do evento partiu neste último domingo, 4, de Goiânia, GO, e seguiu rumo à cidade de Padre Bernardo/GO. 

Embora esta seja a primeira participação de Lucas no Rally dos Sertões, o jovem de 24 anos, adotou uma postura de quem possuiu anos de experiência neste certame. O piloto, que largou na 15ª posição, fez cinco ultrapassagens durante o trecho cronometrado de 112 quilômetros, e foi o décimo carro a cruzar a linha de chegada. "Fui inspirado e aconselhado pelo meu pai, que corre o Sertões pela quarta vez, e é pentacampeão mineiro de rali cross-country",justificou ele. "Em um determinado momento, senti que podia acelerar mais, porém, optei por seguir em uma tocada mais cautelosa, e sem comprometer demais o equipamento, afinal, estamos só no começo do rali, e obstáculos ainda mais difíceis estão por vir"contou. 

O primeiro trecho cronometrado já mostrou como será este Rally dos Sertões, que só terminará no dia 10 de setembro, em Palmas, TO. Para quem pensa que foi fácil encarar esses desafios em alta velocidade, não sabe como foi fazer isso em um terreno com cascalhos, piçarras, pedras, erosões, em trechos de serra com subidas e descidas, em meio a trilhas estreitas e sinuosas e que apresentaram abismos dos dois lados. É para acelerar? Apenas que tem coragem, peito e braço forte aguentará essa pressão ao longo de sete etapas. 

A outra dupla da HND Racing, Antonio Carlos Teixeira e Emerson Etechebere ficou em quinto lugar na Super Production, e 24ª posição na Geral. "Foi uma prova muito técnica, travada, difícil e perigosa. A navegação se fez extremamente importante. Tentei manter um ritmo mais constante, pois percebi que não havia a necessidade de buscar o limite do nosso conjunto",disse Antônio Carlos.

Nesta segunda-feira, 5, o Rally dos Sertões tem destino o município de Cavalcante, GO. Serão 418 quilômetros, com 374 quilômetros de especial. E, se hoje a etapa foi avaliada como técnica, a segunda fase então... De acordo com a organização, a Dunas Race, a competição largará próximo a Mimoso de Goiás e será uma das mais técnicas e duras de todos os tempos. Passará por estradas de fazendas bem estreitas, sinuosas e com diversas lombas. Seguirá por região montanhosa, com grandes erosões, e terá setor de alta velocidade em pleno terreno com cascalho, piçarras, pedras grandes e lajes. 

O Rally dos Sertões 2016 conta com 3.212 quilômetros e ainda terá pouso em Posse (GO), Luís Eduardo Magalhães (BA), Mateiros (TO) e Ponte Alta (TO).

Programação - 24º Rally dos Sertões 

05 de setembro - Etapa 2
Padre Bernardo (GO) - Cavalcante (GO)
Deslocamento inicial: 34,27 km
Trecho especial: 374,84 km
Deslocamento final: 9,19 km
Total do dia: 418,3 quilômetros

06 de setembro - Etapa 3
Cavalcante (GO) - Posse (GO) 
Deslocamento inicial: 22,95 km
Trecho especial: 376,41 km
Deslocamento final: 244,12 km
Total do dia: 643,48 km

07 de setembro - Etapa 4 
Posse (GO) - Luís Eduardo Magalhães (BA) 
Deslocamento inicial: 14,62 km
Trecho especial: 361,94 km
Deslocamento final: 183,59 km
Total do dia: 560,15 km

08 de setembro - Etapa 5 
Luís Eduardo Magalhães (BA) - Mateiros (TO) 
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 425,67 km
Deslocamento final: 0
Total do dia: 461,14 km

09 de setembro - Etapa 6 
Mateiros (TO) - Ponte Alta (TO) 
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 514,98 km
Deslocamento final: 5,97 km
Total do dia: 520,95 km

10 de setembro - Etapa 7 
Ponte Alta (TO) - Palmas (TO) 
Deslocamento inicial: 4,61 km
Trecho especial: 191,54 km
Deslocamento final: 47,46 km
Total do dia: 243,61 km