Polí­cia

Foto: Divulgação

Nessa quinta-feira, 15 de setembro, por volta das 15 horas, J.A.H compareceu à Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal em Guaraí/TO, a fim de ter um veículo Voyage restituído. O carro fora apreendido, em 3 de setembro de 2016, em poder de J.A.H, quando a PRF constatou tratar-se de um "clone" com placa de Brasília, sendo que a verdadeira placa do veículo, era de Goiânia.

Os sistemas informatizados da PRF acusaram que tal carro tratava-se, na verdade, de produto de roubo. Diante de tal situação, o referido Voyage não pode ser restituído à J.A.H., apesar de ele ter apresentado uma procuração e outros documentos à PRF, na tentativa de conseguir a liberação do carro. Assim, ficou apurado que a referida procuração fora falsificada no Estado do Ceará. 

Desse modo, J.A.H foi preso em flagrante delito, supostamente pelo crime de uso de documento falso e encaminhado à Polícia Civil de Guaraí/TO para os devidos fins.