Estado

Foto: Divulgação

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Tocantins (Sintet), José Roque Santiago, solicitou nesta segunda-feira, 3 de outubro, junto ao Movimento de União dos Servidores Públicos Civis e Militares (Musme) que as entidades integrantes do movimento se reúnam amanhã, 4, para avaliar a situação da greve no Estado, bem como as negociações da data-base com o governo para tomar um encaminhamento. 

De acordo com o presidente do sindicato, é preciso dar respostas para as categorias de servidores. “É preciso tomar uma posição de radicalização contra a inércia deste governo. Não estamos em zona de conforto e precisamos de uma resposta para as categorias”, disse José Roque.

A reunião deve ser organizada para esta terça-feira, ainda sem horário estabelecido. O Sintet deve anunciar amanhã os encaminhamentos pós- reunião. O Musme protocolou na última terça-feira, 27, uma contra proposta da data-base ao governo, mas até o momento não obteve nenhuma resposta.

Por: Redação

Tags: Greve, Musme, Sintet