Polí­cia

Foto: Divulgação

A palmense Daniela Gomes da Silva, 21 anos, que estava desaparecida desde ontem, retornou para casa na tarde desta segunda-feira, 10, depois de matéria do Conexão Tocantins onde sua irmã Sâmia Gomes Silva relatou o suposto desaparecimento e a lavratura de boletim de ocorrência policial. Em entrevista ao Conexão Tocantins, o irmão de Daniela, Saulo Gomes da Silva, informou que a jovem apareceu por conta própria, arrependida de ter saído de casa sem prestar informações. 

Daniela teria saído de casa para passar alguns dias com um conhecido, antigo caso amoroso. "Parece que foi um caso afetivo de uma pessoa que tinha influencia forte sobre ela e ele a convidou para ficar esses dias com ela. É uma pessoa do passado dela mesmo, amorosa", informou.  Ainda de acordo com Saulo, foi um relacionamento que não deu certo, que ela teria se afastado da última vez. "Só que a gente não sabia que ele estava aqui em Palmas e ela se aproximou de novo", disse. 

Saulo deixou claro que Daniela tomou decisões por conta própria. "Ela não estava presa, ela estava lá por conta própria. Ela que chegou em casa mesmo". Segundo Saulo, Daniela Gomes chegou em casa chorando e arrependida. 

Daniela foi na Delegacia para retirar a queixa de desaparecimento. Mais cedo a irmã de Daniela, Sâmia Gomes Silva, também concedeu entrevista ao Conexão Tocantins, informando o caso.