Estado

A Federação das Associações de Praças Militares do Estado do Tocantins (FASPRA-TO), por meio do seu presidente João Victor, encaminhou nota à imprensa nesta terça-feira, 11 de outubro, lamentando o não pagamento dos policiais e bombeiros militares do Estado do Tocantins. De acordo com a Associação, para maioria das categorias o pagamento foi efetuado.

Segundo João Victor, tal situação causou grande estranheza e desmotivação na categoria. "Sentimentos estes que, nos últimos tempos, têm sido recorrentes no cotidiano dos militares já que além dos freqüentes atrasos no pagamento os mesmos também não estão recebendo a data-base, o passivo dos 4.68 e mudança de letra".

Confira a nota da Faspra na íntegra 

O presidente da Federação das Associações de Praças Militares do Estado do Tocantins (FASPRA-TO), SGT João Victor, vem a público lamentar o não pagamento dos policiais e bombeiros militares do Estado do Tocantins, sendo que para maioria das categorias o pagamento foi efetuado.

Segundo o presidente, tal situação causou grande estranheza e desmotivação na categoria, sentimentos estes que, nos últimos tempos, têm sido recorrentes no cotidiano dos militares já que além dos freqüentes atrasos no pagamento os mesmos também não estão recebendo a data-base, o passivo dos 4.68 e mudança de letra.

Sargento João Victor ressalta que os militares são servidores que nunca se esquivaram de suas funções constitucionais, garantindo sempre a segurança do Estado e da sociedade tocantinense e não merecem ser tratados com tamanho descaso.

Por: Redação

Tags: Apra, FASPRA, João Victor