Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma parceria da Superintendência de Polícia Científica com o Instituto Sabin irá proporcionar a crianças e adolescentes um espaço para acolhimento e atendimento no Instituto de Medicina Legal de Palmas (IML). O espaço será atendido por assistentes sociais e psicólogos do Núcleo de Serviço Psicossocial do instituto.

Segundo a assistente social do IML, Ivaneide Batista, o projeto surgiu da necessidade de se ter um espaço exclusivo e adequado para receber crianças e adolescentes que chegam ao IML para realizar exames médicos-periciais, principalmente nos casos de violência física e sexual. “A equipe entendeu que precisávamos de um local adequado, já que a recepção atende também os agressores e outras pessoas que passam pelo exame de corpo delito”, afirma a assistente social.

Ivaneide conta que, por conta desta necessidade, o núcleo elaborou um projeto, e propôs para o Instituto Sabin, que acolheu a parceria de imediato. A Ludoteca do IML é climatizada e conta com brinquedos e materiais necessários para atendimento e acolhimento de jovens e crianças que irão realizar exames periciais.

Para o superintendente de Polícia Científica do Tocantins, Gilvan Nolêto, a Ludoteca, além de acolher crianças e adolescentes, também irá contribuir para facilitar o posterior atendimento dessas vítimas com as autoridades policiais.

Parceria com outras instituições

Desde o inicio da atual gestão, a Secretaria da Segurança Pública, por meio da Superintendência de Polícia Cientifica vem buscando parcerias para auxiliar e aprimorar os serviços dos institutos de medicina legal, criminalística e genética forense.

“Estamos abertos para tantas outras parcerias, como esta com o Instituto Sabin, que irá ajudar a humanizar o trabalho do IML com as crianças e adolescentes, além de melhorar o atendimento dos serviços prestados por este instituto”, afirma Gilvan Nolêto.