Estado

Foto: Thiago Sá Participam do evento artesãos, gestores, empresários, pessoas com interesse em abrir negócios e consumidores Participam do evento artesãos, gestores, empresários, pessoas com interesse em abrir negócios e consumidores

Uma comitiva de 12 artesãos tocantinenses participarão, no período de 20 a 23 de outubro, em São Paulo, das 10h às 20h, no Centro de Exposições Anhembi- Pavilhão Oeste, da Feira de Artesanato Brasil Original, capitaneada pelo  Sebrae-SP, com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura (Seden). O objetivo do evento é ampliar a visibilidade e reposicionar o artesanato brasileiro perante o mercado paulista.

Participam do evento artesãos, gestores, empresários, pessoas com interesse em abrir negócios e consumidores. A expectativa da organização é de receber 20.000 visitantes.

A previsão é de que nesta sexta-feira, 14, os artesãos despachem do estacionamento da secretaria em torno em torno de 16.836 peças, que serão transportadas pelo Programa de Artesanato Brasileiro (PAB). Já o embarque dos participantes será na terça-feira, 18, às 08h30.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento da Cultura, Noraney Fernandes, a participação dos artesãos tocantinense, na feira, visa promover a valorização e elevar o nível cultural, profissional e econômico dos expositores e, ainda, a exposição das riquezas artesanais com variações e características peculiares regionais. “Temos muitas belezas artesanais para mostrar para todos. Será um momento ímpar para o Tocantins”, afirmou.  

O evento terá entrada franca e contará com 18 m² em estantes de consultoria individual, palestras sobre orientação empresarial coletiva, oficinas de artesanatos, exposições e vendas de artesanatos de 320 artesãos. O evento contará ainda com um espaço de atendimento do Sebrae-SP, onde serão oferecidas consultorias de marketing, administração, comércio exterior, financeira e jurídica.

Capacitação

No último dia 6, a Seden, em parceria com o Sebrae Tocantins, capacitou os artesãos, que foram contemplados para participarem da feira. Durante dois dias, os participantes receberam capacitações em oficinas de Embalagem, Vitrinismo e Relacionamento Interpessoal.

Conforme edital publicado pelo Governo do Estado, por meio da Seden, os artistas foram classificados, sendo cinco artesãos individuais na modalidade Microempreendedor Individual (MEI) e sete entidades representativas.  Dentre os produtos artesanais, que serão apresentados pelos tocantinenses estão produtos fabricados de capim dourado, ceda de buriti, artesanatos de madeira, biojóias, bonecos fabricados de jatobá, entre outros.