Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar, realizada em Colinas do Tocantins resultou na desarticulação de uma associação criminosa que praticava roubos em todo Estado do Tocantins. Quatro pessoas foram presas e uma menor apreendida, na última sexta-feira, 28, em Colinas.

De acordo com a delegada que comandou a ação, Olodes Maria, titular da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Colinas (7ª DRPC), no dia 20 de outubro, a Polícia Civil identificou a movimentação de membros de uma facção criminosa determinando a prática de vários crimes no Estado. “Dentre estes crimes, havia articulações de roubos na cidade de Colinas e dessa forma contatamos a Policia Militar para nos apoiar nas diligências”, conta a delegada.

Integrantes de organizações criminosas das cidades de Araguaína e Palmas saíram dessas cidades para se encontrarem com outros comparsas em Colinas. Saíram de Araguaína Raimundo M. de O., vulgo “Grilo”, 41 anos, um indivíduo até então conhecido apenas por “Pinguim” e uma adolescente de 15 anos; de Palmas, Fracivan P. de M., vulgo “França”, 25 anos, saiu para se encontrar com Rogério P. C., vulgo “Rogério do Cabaré”, 25 anos e Fernanda P. F., vulgo “Fernandona”, que já estavam em Colinas.

A delegada conta que, durante quatro dias, o grupo levantou possíveis alvos de roubo, dentre eles uma casa lotérica, comerciantes de jóias e pessoas que têm o hábito de guardar em suas residências grandes somas em dinheiro.

“No decorrer das investidas, os criminosos identificaram o proprietário de uma casa funerária, momento em que o bando iniciou a ação criminosa, colocando a adolescente, o Raimundo e o Pinguim para abordarem e atrair a vítima ao seu comércio. Chegando lá, deram voz de assalto, subtraindo cerca de três mil reais em dinheiro, um carro e algumas jóias”, conta a delegada, afirmando ainda que os demais integrantes do grupo permaneceram nas proximidades do local dando suporte e verificando a movimentação policial.

Segundo a polícia, após cometerem o crime, os criminosos se reuniram e repartiram os objetos roubados, momento que Rogério P. transportou em seu veiculo Raimundo M., "Pinguim" e a adolescente de 15 anos até um hotel na cidade de Nova Olinda, para ficarem escondidos até que as buscas policiais terminassem. “Porém, policiais civis e militarem já tinham noção da movimentação delituosa, desta forma, iniciamos as diligências com a finalidade de prender todos os integrantes do bando”, completa a delegada.

Inicialmente, foram presos Fernanda P. F. e Fracivan P. de M., quando tentavam embarcar em uma van para Palmas. Já Rogério P. C. foi preso quando estava saindo de sua residência. Dando continuidade as diligências, os policiais seguiram para as cidades de Nova Olinda e Araguaína, prendendo Raimundo M. de O., e apreendendo a adolescente que participou do crime.

Segundo investigações da Polícia Civil, as ordens de roubo partiram de presos da Casa Prisão Provisória de Palmas (CPP), do Presídio Barra da Grota e da Cadeia Publica de Colinas.