Saúde

Foto: Divulgação Thiago Botelho fala com representantes municipais sobre fortalecimento do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária Thiago Botelho fala com representantes municipais sobre fortalecimento do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária

Com o intuito de fomentar e fortalecer o Sistema Estadual de Vigilância Sanitária, a Diretoria de Vigilância Sanitária (Visa) realizou nesta terça-feira, 8, no Anexo II da Secretaria de Estado da Saúde, o 4° Encontro de Planejamento e Gestão da Vigilância (PAS) 2017 a presença dos coordenadores das Vigilâncias Sanitárias de oito municípios. 

Entre as estratégias que integram esse processo está a execução das ações conjuntas entre Estado e Município para treinamento prático das ações de Visa. De acordo com o diretor da Vigilância Sanitária do Estado, Thiago Botelho, a integração das vigilâncias municipais é necessária para desenvolvermos o nosso sistema de Visa como um todo. “Nós hoje dentro da Visa Estadual temos uma gerência que é de apoio e descentralização das atividades, que faz esse contato direto com as vigilâncias municipais. Esses municípios que estão presente na reunião hoje, eles já possuem uma estrutura fixa de pessoal, e são vigilâncias que já têm Código Sanitário e sua base legal formada. A intenção é regionalizar a vigilância para que esses municípios possam dar suporte para os municípios vizinhos. Nosso objetivo é conseguirmos estruturar a Visa por todas as regiões do Estado, para que eles não fiquem tão dependentes da Visa Estadual”, explicou.

Os municípios Araguaína e Porto Nacional se destacaram dentro dos indicadores por já terem executado todas as ações preconizadas no SISPACTO, que é o sistema para registro de metas da pactuação.

Claudio Aguiar, coordenador da Visa de Araguaína, falou da importância do apoio que o Estado tem prestado aos municípios. “É vital para o bom desempenho das ações da Vigilância Sanitária. Em Araguaína nós temos trabalhado com esse apoio, pois se trata de um município grande e distante da Capital, então estamos sempre recorrendo nas questões necessárias. Acho importante também que esse encontro aconteça com frequência, para que possamos estar sempre alinhados”, disse. 

Genir Batista Gomes, coordenadora da Visa de Porto Nacional, considerou a reunião muito produtiva. “Apesar de estar há pouco tempo à frente da Visa, meu compromisso foi atuar e conseguir fechar todas as pactações do que estava previsto e, assim, fizemos”, disse. Participaram da reunião os coordenadores das Vigilâncias Sanitárias dos Municípios de Paraíso do Tocantins, Araguaína, Colinas do Tocantins, Gurupi, Guaraí, Porto Nacional, Dianópolis e Palmas.