Cursos & Concursos

Foto: Divulgação

Começam no próximo dia 15 de novembro, as aulas práticas, teóricas e palestras do Curso de Formação do concurso público para provimento de vagas para o Sistema Penitenciário do Governo do Tocantins, realizado por meio da Secretaria da Cidadania e Justiça (Seciju). Ao todo, 844 candidatos aos cargos de Técnico em Defesa Social e Analista em Defesa Social participam da formação, que ocorrerá no campus da Universidade Federal do Tocantins (UFT) de 15 de novembro a 15 de dezembro, com aplicação de prova objetiva em 18 de dezembro e resultado final divulgado no dia 23 do mesmo mês.

O local das aulas foi divulgado na noite dessa terça-feira, 08, pela Comissão Permanente de Seleção (Copese/UFT), que também informou aos candidatos que a aula inaugural do Curso de Formação ocorrerá na próxima terça-feira, 15, no espaço de eventos Cristal Hall, em Palmas, a partir das 19 horas, restrita para os alunos e autoridades convidadas. De acordo com a Cosepe, os candidatos devem ficar atentos, pois o acesso deles ao material de estudo e ao calendário das aulas deverá ser realizado por meio de plataforma própria virtual da instituição entre  8 horas e 17h30, também do dia 15 de novembro.

A referida aula é somente para os candidatos matriculados no Curso de Formação, cuja lista completa de matrículas homologadas será divulgada no dia 11 deste mês, conforme Evento 7 da Portaria 414/16, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) número 4.731 do último dia 26 de outubro. 

Para a ocasião, a Comissão de Coordenação, Avaliação e Acompanhamento do Curso de Formação sugere às candidatas mulheres que utilizem traje passeio completo (vestido) na cor preta. Já quanto aos candidatos homens, a sugestão é também traje passeio completo (terno) em cor escura, preferencialmente preta. Na impossibilidade disto, que os homens adotem o estilo esporte fino, ou seja, calça, camisa (de preferência preta) e sapatos sociais.

Socioeducativo

Conforme a Seciju, a formação para os cargos do Sistema Socioeducativo será entre os dias 15 de janeiro e 15 de fevereiro de 2017, com aplicação de prova objetiva em 19 de fevereiro e resultado final em 15 de março. “Temos um concurso que envolve 1.292 candidatos disputando vagas nos dois sistemas (Penitenciário e Socioeducativo). É como se fosse dois concursos em um, haja vista o grande número de pessoas e ao fato de a formação ser diferenciada. O Sistema Socioeducativo é pautado no que preconiza o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) e o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), diferente do Penitenciário, no qual prevalece a Lei de Execução Penal (LEP). Ter um quadro efetivo de servidores no Socioeducativo é tão importante quanto no Penitenciário”, conclui o Comissão de Coordenação, Avaliação e Acompanhamento do Curso de Formação, Ricardo Nogueira.