Ciência & Tecnologia

Foto: Divulgação Comunicações civis e militares do País são feitas por meio de satélites estrangeiros atualmente Comunicações civis e militares do País são feitas por meio de satélites estrangeiros atualmente

O lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC) do Brasil, o primeiro satélite de comunicações totalmente controlado pelo Brasil deverá ser lançado no próximo dia 21 de março.

O satélite tem como objetivo reforçar a segurança e a independência na comunicação estratégica dos segmentos de defesa do País e ampliar o acesso à internet de banda larga, principalmente em lugares remotos em território nacional.

Atualmente, tanto o tráfego civil quanto o de defesa ocorre por meio de satélites estrangeiros.

O satélite foi construído pela empresa francesa Thales Alenia Space, em um programa cujos custos chegam a R$ 2 bilhões.

Tecnologia operacional

Além de responsável pela construção, a empresa francesa também vai trabalhar auxiliando na transferência da tecnologia para o país. Cerca de 50 especialistas brasileiros acompanharam o projeto e estão capacitados para operar o satélite.

O satélite SGDC já está na Guiana Francesa, de onde será lançado a bordo de um foguete Ariane. Quando for ao espaço, ele deverá ficar estacionado em uma órbita a 36 mil quilômetros de distância da superfície, o que garante que ele estará sempre sobre a mesma posição em relação ao solo.

Sua operação está prevista para começar no segundo semestre de 2017, depois dos testes de validação e checagem dos sistemas.