Cursos & Concursos

Foto: Divulgação

Começa no próximo dia 10 de abril, em Araguaína/TO, o primeiro curso de Resgate e Salvamento em Altura e Locais Confinados, organizado pela Associação Brasileira de Medicina de Urgência e Emergência – Abramurgem, regional Tocantins. Durante sete dias (até 16 de abril), os participantes terão aulas teóricas (segunda à sexta, à noite) e uma imersão prática em local aberto (14 a 16, o dia todo).

A equipe de professores será formada pelo bombeiro civil e instrutor nível 3, Edmar Silva Abrantes, do Rio Grande do Sul (RS), pelo enfermeiro especializado em atendimento pré-hospitalar, fixação de paciente, preparação do socorro e atendimento inicial ao trauma, Sandro Almeida, também do RS; e pelo médico e instrutor de Atendimento Avançado em Trauma, Dr. Hugo Weysfield Mendes, de Araguaína.

“Nosso grande propósito é oferecer aos profissionais de Araguaína e região um treinamento inédito, algo que vai agregar muito na carreira de cada um e estamos planejando isso com muita qualidade, para que o aprendizado seja realmente efetivo”, afirma Hugo Mendes, que também é presidente da Abramurgem – Regional Tocantins.

A técnica de Enfermagem do Trabalho, Ana Paula Goulart, da cidade Rio Grande (RS), foi aluna do curso e diz que as técnicas aprendidas aprimoraram os conhecimentos e habilidades dela para o desempenho de sua atividade, principalmente no trabalho em equipe.

“Os instrutores são de excelente qualidade e as diretrizes estimulam nossas destrezas, criatividade, produtividade e focam no resgate com qualidade, promovendo segurança nas atividades e diminui refugos e retrabalho”, afirma Ana Paula.

Golbery Chaves Ferreira, técnico em segurança do trabalho, bombeiro civil e socorrista também da cidade de Rio Grande, já participou do mesmo curso e garante que os ensinamentos são bastante úteis e positivos para profissionais de emergência e lideranças.

“O curso, para mim, foi muito importante e repasso estes conhecimentos para minha equipe de resposta à emergência nas instruções diárias. Para as empresas, é um grande diferencial um profissional que tem esta formação e conhecimento. Recomendo este curso, porque são muito bons os ensinamentos técnicos”, conta Golbery.

Organização

O curso de Resgate e Salvamento em Altura e Locais Confinados contará com mais de 80 quilos de materiais para as aulas práticas e ensinará aos alunos, entre outros conteúdos, as técnicas para deslocamento de pacientes por corda, como trazer a vítima junto ao corpo do socorrista e como retirá-lo sem causar danos.

No ambiente aberto, será disponibilizado espaço para tomar banho e ambulância UTI.