Polí­cia

Uma ação conjunta realizada nessa quarta-feira, 12, pela Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (Denarc), com apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), tropa de elite da Polícia Civil, no município de Conceição do Tocantins, resultou na prisão de cinco envolvidos com o tráfico de drogas, além da apreensão de mais de 3 kg de entorpecente, aproximadamente R$ 4 mil em dinheiro, bem como joias avaliadas em mais de R$ 50 mil reais.

Conforme o delegado Guilherme Rocha Martins, titular da Denarc, a operação Tsunami foi deflagrada com o objetivo de desarticular a prática do crime de tráfico de drogas, que vinha ocorrendo em Conceição do Tocantins, bem como dar cumprimento a 11 mandados de busca e apreensão em residências de suspeitos investigados pela Delegacia Especializada.

Durante as ações da operação foram presos; Ciro J. F. T., 19 anos, Emerson R. B., vulgo ‘Galego”, 28 anos, o qual é apontado como sendo o chefe do tráfico de drogas na cidade, Jackeline R. M., 19 anos, Joel da C. G., 22 anos e Marcos P. da S., 22 anos de idade.

Durante o cumprimento dos 11 mandados de busca e apreensão nas residências dos suspeitos, os policiais civis da Denarc e do Gote apreenderam cerca de 3 kg de maconha, mais de 100 pedras de crack, R$ 4 mil em espécie, aproximadamente R$ 50 mil reais em ouro, além de mais de 100 pacotes de cigarro contrabandeados do Paraguaí, um revolver, calibre 38 e quinze munições intactas do mesmo calibre, bem como insumos para embalar a droga.

Todos os presos na operação Tsunami foram autuados em flagrante pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico e, após os procedimentos cabíveis, foram recolhidos à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Dianópolis, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.