Educação

Foto: Divulgação Rosana Márcia posa ao lado de Guilherme Gandra, seu aluno que representou o Tocantins nos EUA Rosana Márcia posa ao lado de Guilherme Gandra, seu aluno que representou o Tocantins nos EUA

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou a lista dos professores selecionados para a segunda fase do Programa Líderes Internacionais em Educação (Ilep, na sigla em inglês), que oferece intercâmbio a professores brasileiros. Ao todo, 25 professores de Língua Inglesa de todo o País foram selecionados para a fase seguinte, entre eles, a educadora Rosana Márcia de Souza, do Colégio Estadual de Lavandeira, na região sudeste do Estado. A próxima etapa da seleção é o exame Toefl, de proficiência em Língua Inglesa.

Nessa etapa seletiva, foram levados em consideração os seguintes critérios: Tempo de serviço como professor de inglês e tempo restante para contribuir na rede de ensino; Dedicação ao ensino de língua inglesa; Formação acadêmica, formação continuada por meio de cursos, oficinas, treinamento, etc.; Nenhuma experiência acadêmica e/ou profissional no exterior; Domínio da língua inglesa/habilidade linguística; Conteúdo das respostas às perguntas do formulário de inscrição; Liderança/potencial de multiplicação; Aprovação, por parte da Secretaria de Educação do estado do candidato, de licença com vencimentos – em caso de seleção final para o programa.

Rosana Márcia de Souza leciona há 15 anos no Colégio Estadual de Lavandeira e destacou que tenta repassar aos alunos a paixão que sente pelas línguas estrangeiras. “Eu procuro desenvolver atividades diversificadas com os alunos, como aulões extras, plantões e programa de monitores, para que os alunos mais adiantados auxiliem os que têm alguma dificuldade. O objetivo é fazer da Língua Inglesa algo que seja atrativo, porque não é nada que esteja muito distante da realidade dos alunos”, completou. Um dos frutos desse trabalho é o seu aluno, Guilherme Gandara, que representou o Tocantins no Programa Jovens Embaixadores, nos Estados Unidos.

Sobre o passo dado em direção ao intercâmbio nos Estados Unidos, a professora se mostrou satisfeita com a seleção e frisou que vem se preparando para o exame Toefl, que está previsto para ser realizado em maio. “Desde o ano passado eu venho tentando me inscrever no Ilep. Acredito que a proposta desse intercâmbio tem muito a ver com o trabalho que eu desenvolvo com os alunos no sentido de despertar neles o espírito de liderança. Para a próxima fase, eu estou me preparando, fazendo leituras”, destacou.

De acordo com o cronograma do Ilep 2018, os participantes têm até o dia 31 de maio para enviarem o resultado do Toefl para a Embaixada Americana. Depois disso, serão realizadas as entrevistas com os candidatos que obtiveram os melhores resultados em todas as etapas. As entrevistas serão conduzidas pela própria Embaixada, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e o resultado final dos selecionados deverá ser divulgado em setembro. O intercâmbio será realizado entre os meses de janeiro e maio de 2018.

Sobre o programa

O Ilep é uma iniciativa do Departamento de Estado dos Estados Unidos, que oferece intercâmbio de cinco meses nos Estados Unidos para professores de Língua Inglesa do ensino médio. O objetivo é ampliar o conhecimento dos intercambistas sobre os Estados Unidos, além de fortalecer a excelência no ensino da Língua Inglesa nos países participantes. Durante o programa, serão apresentadas as melhores práticas em metodologias de ensino, planejamento de aula e uso da tecnologia em educação. O momento também será de desenvolver relações produtivas e duradouras entre educadores e professores americanos e os intercambistas.