Polí­tica

Faltando apenas 15 dias para o encerramento da 5ª e última etapa do Projeto de Revisão Eleitoral obrigatória e Cadastramento Biométrico, os eleitores de 17 zonas eleitorais do Tocantins precisam ficar atentos para não perderem o prazo, evitando assim o cancelamento do Título de Eleitor.

Iniciado em fevereiro deste ano, o projeto visa atender 341.530 eleitores de 65 municípios. Até o momento, 261.338 eleitores já fizeram o procedimento, restando ainda 80.292 eleitores.

Estratégias

Para atender à demanda que ainda falta, a Justiça Eleitoral tem adotado estratégias de comunicação nas rádios, Tvs, internet, redes sociais e a convocação dos eleitores por meio de carros de som e a distribuição de panfletos e cartilhas informativas.

Outra ação para atender os eleitores foi a alteração do horário de atendimento nos cartórios das 17 zonas eleitorais, das 11 às 18 para 8 às 18 horas e também a realização de atendimentos itinerantes nas cidades e povoados das regiões mais distantes da sede da ZE.

Além do mais, a Justiça Eleitoral do Tocantins disponibilizou postos fixos nas cidades de Nova Olinda, Ananás, Babaçulândia, Axixá, Sítio Novo e São Miguel do Tocantins.

Caso o eleitor não compareça no prazo estabelecido poderá ter o título eleitoral cancelado e deixar de ingressar em faculdades, tomar posse em concurso público, contrair empréstimo em instituições bancárias, entre outras consequências.

Zonas Eleitorais em atendimento biométrico:

Filadélfia (8ª ZE), Tocantinópolis (9ªZE), Araguatins (10ª ZE), Itaguatins (11ª ZE), Xambioá (12ª ZE), Formoso do Araguaia (15ª ZE), Colmeia (16ª ZE), Peixe (20ª ZE), Augustinópolis (21ª ZE), Araguacema (24ª ZE), Ponte Alta do Tocantins (26ª ZE), Wanderlândia (27ª ZE), Araguaçu (30ª ZE), Arapoema (31ª ZE), Goiatins (32ª ZE), Itacajá (33ª ZE), Araguaína (34ª ZE).

Mais informações na Ouvidoria, das 11 às 18 horas: 0800 6486 800.