Estado

Foto: Divulgação

O Sindicato dos Caminhoneiros do Estado do Tocantins (Sindcamto), como defensor tradicional da construção da BR-010, prega união de forças, desde segmentos sociais ao meio político, com o objetivo de destravar a construção da rodovia federal, que vai de Brasília a Belém passando de sul a norte do Tocantins.

José Aparecido do Nascimento, presidente do Sindicato dos Caminhoneiros, já sabedor da necessidade de mais e melhores estradas para o crescimento do Tocantins e do Brasil, tornou-se membro assíduo do “Movimento Pró-BR-010”, organização que luta pela conclusão da referida estrada federal no Estado.

Ao participar de mais um debate sobre a BR-010, na quinta-feira, 1º, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Aparecido enalteceu a parceria formada com aquele segmento. “É fundamental o apoio do presidente da Fieto, Roberto Pires, que abriu acesso junto ao Governo Federal. Com ele, o agronegócio, o meio político e a sociedade organizada, esperamos conseguir a conclusão da rodovia, que não é bom fruto só para o Tocantins, mas para todo País”, argumentou.

Isenção

Durante a reunião na Fieto, José Aparecido aproveitou para defender outra bandeira já encampada por sua entidade. Ele reforçou que, para baratear o custo de vida da população brasileira, além de boas estradas, o Governo precisa determinar imediatamente a isenção do imposto sobre o óleo diesel. “O diesel pode ser considerado o sangue que move e dá vida à economia da Nação, mas seu alto custo trava o desenvolvimento”, criticou.

Em relação ao combustível, o sindicalista lembra ainda que na época dos governos militares o produto, além de isento de impostos, era subsidiado. “Nos governos militares, quando ainda nem éramos autossuficientes em petróleo, o diesel era subsidiado; hoje, mesmo diante de uma grande produção, os governos nem sequer fazem isentar, o que é muito menos que subsidiar”.

Participaram também da reunião representantes da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Tocantins (Aprosoja); da Força Sindical do Tocantins; Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins (Fesserto) e do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga do Estado do Tocantins (Sidicarga).