Educação

Foto: Marcio Vieira

Encerram-se, no próximo domingo, 25, as inscrições para a 20ª edição do Prêmio Educador Nota 10. Professores das escolas públicas e privadas da educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, bem como da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de todo o País, podem se inscrever por meio do endereço eletrônico http://www.fvc.org.br/educadornota10/.  O objetivo do prêmio é identificar, valorizar e divulgar experiências educativas de sucesso, executadas nas unidades de ensino regular. As escolas serão premiadas, e os professores também.

Os gestores escolares, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais das redes pública e privada de Educação Básica disputam na Categoria Gestor Nota 10. Podem participar docentes da Alfabetização, Língua Portuguesa, Educação Física, História, Arte, Língua Estrangeira, Ciências, Matemática e Geografia; e Professores do ensino médio, de 1º ao 3º ano nas seguintes disciplinas: Matemática, Língua Portuguesa, História, Geografia, Física, Química e Biologia.

Prêmios

Conforme o regulamento, uma comissão indicada pela organização selecionará os 50 projetos finalistas, de onde sairão os 10 vencedores de 2017. Os 50 finalistas ganharão uma assinatura anual do site Nova Escola Clube, com acesso às revistas Nova Escola e Gestão Escolardigitais. Já os dez vencedores receberão R$ 15 mil cada um e um vale-presente de R$ 1 mil para a escola onde o projeto foi aplicado. O Educador do Ano, que é escolhido entre os dez finalistas será premiado com mais R$ 15 mil e um vale-presente de R$ 5 mil para a unidade em que atua. Os dez professores e o gestor finalista vão para São Paulo com todas as despesas de transporte e estadia pagas.

Criado em 1998, o prêmio tem caráter cultural/educacional, sem qualquer modalidade de sorteio. O Educador Nota 10 é uma iniciativa da Fundação Victor Civita para a valorização do trabalho docente e a disseminação de boas práticas na área da Educação pelo Brasil. A ação conta com a parceria da Editora Abril, Rede Globo, Fundação Roberto Marinho, Associação Nova Escola, Fundação Lemann, Somos Educação e Faber Castell.  Mais de 56 mil projetos já foram inscritos ao longo destes anos. Para 2017, os trabalhos devem ter sido realizados no ano letivo de 2016 ou terminar até o final do primeiro semestre de 2017.